Mizael Marcelly recebe Rogéria, cerca de 180 convidados, cinco vereadores e o Título de Cidadão Paulinense das mãos de...

Da Redação
21/09/2014 15:01:00
Mizael Marcelly recebe Rogéria, cerca de 180 convidados, cinco vereadores e o Título de Cidadão Paulinense das mãos de Angela Duarte

[imagem] A entrega do Título de Cidadão Paulinense ao jornalista Mizael Marcelly, na noite de sexta-feira (19), foi marcada por fortes emoções, o show da diva Rogéria e, claro, a irreverência peculiar do pernambucano paulinense, criador da coluna “Deixem-me Falar...”, a mais polêmica da imprensa escrita local, de todos os tempos. 


Do camarim, Rogéria anunciou os componentes da mesa da sessão solene: Os vereadores Marcos Roberto Bolonheis, o Marquinho Fiorella (PP), presidente da Casa, Du Cazellato (PP), Custódio Campos (PT), Fábio Valadão (PROS), Angela Duarte (PRTB), autora do Decreto Legislativo, Maria Aparecida do Rosário e o homenageado.  Depois, a cantora e atriz, que atualmente está fazendo o país inteiro repetir o bordão publicitário “libera a moita capivara”, encantou o público cantando, ao vivo, clássicos como “A Voz Do Morro (Zé Keti), Je Suis Toutes Les Femmes (Michaele, L.&P.Sebastian), Lavi em rose (R. S. Louiguy), New York New York (Frank Sinatra), entre outros.

Custódio Campos (PT) abriu a parte formal da solenidade, destacando dois encontros políticos que teve com o jornalista homenageado, nos quais, segundo o vereador, Marcelly lhe passou importantes orientações políticas. Em seguida, Fábio Valadão (PROS) frisou a longa amizade de Marcelly com a família dele. “A minha mãe (Kika Valadão Nasário) costuma dizer que Mizael é ‘a primogênita’ da nossa família”, disse o vereador. “A história do Mizael na cidade é muito rica e merece essa e muitas outras homenagens, pois ele realmente faz a diferença. Parabéns, meu amigo” completou. 

O vereador Du Cazellato (PP) elogiou a conduta profissional do jornalista. “Temos as nossas divergências de pensamentos e opiniões, entretanto, mesmo não me poupando, algumas vezes, você age com respeito e profissionalismo”, disse Cazellato. Para o presidente da Câmara, Marquinho Fiorella (PP), a trajetória jornalística de Marcelly merece todos os reconhecimentos. “Mizael é uma pessoa que conquistou o nosso respeito pelo homem que é, por sua história de jornalista e pela contribuição que tem dado ao nosso Município, ao longo desses anos. Um amigo, pelo qual tenho muito carinho”, disse Fiorella, e finalizou: “Lembro-me de uma conversa que tive com ele, quando me candidatei pela primeira vez à Câmara. Na ocasião, além de me dar algumas dicas políticas, Mizael ainda disse que eu seria eleito. E não é que deu certo”.

Autora do Decreto Legislativo do Título de Cidadão Paulinense ao jornalista, Angela Duarte (PRTB) ocupou a Tribuna da Sessão, emocionada. “Estou profundamente honrada e feliz por este merecido reconhecimento ao trabalho do Mizael, uma pessoa fantástica e um jornalista que, como bem disse o colega Du Cazellato, sempre escreve com respeito e profissionalismo, independente das divergências de pensamentos e opiniões políticas. Propus este título com muita felicidade, pois a cidade inteira reconhecem em Mizael uma pessoa maravilhosa e um grande profissional. Não conheci todos os jornalistas que atuaram na cidade, mas, sem sombra de dúvidas, Mizael ocupa o posto de o mais importante de Paulínia, desde que começou a sua trajetória. Parabéns querido, você merece essa homenagem”, finalizou a vereadora.


Para o jornalista, o Título de Cidadão Paulinense foi o maior prêmio proporcionado por sua carreira. “Acordar cidadão paulinense é uma sensação indescritível, pois esperei muito por isso. Amo esta cidade, amo o meu trabalho e hoje posso afirmar que sou uma pessoa completa. Sou profundamente grato aos meus amigos queridos que foram me prestigiar, aos Vereadores que aprovaram esta inesquecível homenagem e em especial a vereadora Angela Duarte, por me honrar com tamanha felicidade”, disse Marcelly à nossa reportagem.

No telão do palco que recebeu a estrela Rogéria, Marcelly assistiu emocionado os depoimentos dos irmãos Gustavo, Marcos, Marilene e Marli, dos sobrinhos Esaú, Giovana e Letícia, da cunhada Kátia Marcílio e das amigas Sonia Prado de Oliveira (ex-vereadora, presidente da Câmara e a primeira vice-prefeita de Paulínia), a empresária Eunice Trevenzolli, e dona Maria Dian Ballone, mãe do ex-prefeito do município, o saudoso Geraldo Ballone. A noite foi encerrada com um coquetel no hall do prédio “Ulisses Guimarães”, servido pelo buffet Marcos Eventos.

Fotos: Lucas Rodrigues/CP Imagem

Comentar