Os Pedrinhos “do Cartório” e “do Dilo” são os mais novos Cidadãos Paulinenses, reconhecidos oficialmente...

Da Redação
13/09/2014 12:12:00
Os Pedrinhos “do Cartório” e “do Dilo” são os mais novos Cidadãos Paulinenses, reconhecidos oficialmente pela Câmara Municipal

[imagem] Um nasceu em Campinas, em 28 de março de 1954, filho de Azírio Rodrigues de Souza e Clarice Dresdi. O outro, no Distrito de Ribeiro dos Santos, Olímpia (SP), filho de Olímpio Salmazo e Alvarina Buzato Salmazo, sendo o 9º dos treze filhos do casal.  Pedro Rodrigues de Souza Neto, mais conhecido como “Pedrinho do Dilo”, e Pedro Valdeci Salmazo, o “Pedrinho do Cartório”, são daqueles homens que servem de exemplo em todos os segmentos da vida. Pais e avôs dedicados, apaixonados pelos filhos, netos e suas esposas, Chica Salmazo e Edna Souza, profissionais renomados em suas respectivas áreas, empresários bem sucedidos e, sobretudo, cidadãos de caráter indiscutíveis. 


Aos 8 anos de idade, Pedrinho do Dilo começou lavando peças de carros na oficina do pai, a Mecânica Santa Luzia, que nasceu junto com a Emancipação Político-Administrativa de Paulínia, em 1964, e funcionava na garagem da casa da família, localizada na tradicional Rua Maria das Dores Leal de Queiroz. Este ano a Santa Luzia completou meio século de existência, o lavador de peças virou um empresário bem sucedido, comandante de um staff de profissionais padrão “Azírio e Pedrinho”. Além da mecânica, Pedrinho do Dilo administra a Lusa Locadora de Veículos, juntamente com os filhos Fábio e Tiago Souza, mas a maior parte do tempo ele dedica aos netos Guilherme e Mariana, filhos do herdeiro “Fabinho”. 

De auxiliar de Oficial de Cartório, em 1970, na Comarca de Jales (SP), à Oficial de Registro Civil e Tabelião de Notas de Paulínia, em 1994. A trajetória de Pedro Valdeci Salmazo no segmento extrajudicial começou quando ele tinha apenas 16 anos e hoje, 44 anos depois, qualquer adolescente da nova geração pode olhar para ele e dizer: “quando eu crescer, quero ser como você”.  Seis anos depois da estreia profissional, Pedrinho do Cartório tornou-se o mais jovem Oficial e Tabelião do Estado, aprovado em concurso público, e fundou o Cartório de Registro Civil e Tabelião de Notas de São José do Marinheiro de Cardoso (SP), extinto dez anos depois, em 1986. 

Depois vieram mais duas aprovações em concursos públicos: 1990 e 1994, quando em viagem pela região conheceu Paulínia e aqui decidiu ficar com a família e estabelecer-se como titular do cartório local. Em 2004, dez anos depois, o Cartório de Paulínia ganhou uma sede própria, no Jardim Vista Alegre, numa área de 460,00m2. Quando começou, a equipe era formada por apenas três funcionários, hoje são 28, sendo 18 escreventes.

Casado há 37 anos com Francisca Torres Ramos Salmazo, que inspirou o conhecido bordão “Me abana Chica” do jornalista Mizael Marcelly, Pedrinho tem três filhos, Leonardo Renato e Gustavo, todos casados, e quatro netos, Isabela e Lara (Leonardo), Antonella e Lucca (Renato). Membro do Colégio Notarial do Brasil, o oficial e tabelião de Paulínia luta, juntamente com os três poderes locais, Legislativo, Executivo e Judiciário, para a cidade ser transformada em Comarca pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. 

“Hoje estou me tornando cidadão de uma grande família, formada pela minha esposa, filhos netos e todo povo paulinense”, disse Pedrinho do Cartório. “Amo a minha cidade e este Título pertence às sete gerações da minha família, do meu avô ao meu neto Guilherme”, finalizou Pedrinho do Dilo.

A Sessão da dupla concessão de Títulos aconteceu na noite de ontem (12) no Plenário da Câmara Municipal de Paulínia e foi presidida pelo vereador Fábio de Paula Valadão (PROS), autor dos Decretos Legislativos, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à sociedade paulinense pelos homenageados. A vereadora Angela Duarte (PRTB) e o vereador Du Cazellato (PP), além de familiares e amigos, prestigiaram as justas e merecidas homenagens.

CONHEÇA MAIS SOBRE OS HOMENAGEADOS:

Pedrinho do Cartório - Pedrinho do Dilo 

Foto: Lucas Rodrigues/CP Imagem

Comentar