"Amador 2014" começa dia 14 de setembro, mas novo formato anunciado pela SER não agrada dirigentes de equipes

Da Redação
02/08/2014 12:29:00
"Amador 2014" começa dia 14 de setembro, mas novo formato anunciado pela SER não agrada dirigentes de equipes

[imagem] Por Lucas Rodrigues

Vai começar, dia 14 de setembro, o Campeonato Municipal de Futebol Amador, a maior e mais tradicional competição de campo de Paulínia. O torneio ganhou um novo formato, anunciado na noite de quarta-feira (30) pelo secretário municipal de Esporte e Recreação (SER) Marcos Bortoloti, durante reunião com dirigentes de várias equipes. Entre as novidades, Bortoloti informou que o “Amador” deste ano será realizado pela Associação de Futebol Amador de Paulínia (Afap), em conjunto com a empresa Braed Eventos Esportivos, com sede em Limeira, sob a supervisão da SER. 

As Primeira e Segunda divisões agora são denominadas Ouro e Prata, a terceira divisão foi excluída do campeonato (os times desta categoria farão parte da nova série Prata), e a Veterano completa as categorias em disputa este ano. O professor Fernando Capelloti explicou um pouco deste novo formato entre as Divisões. “Mesmo se uma, duas ou três equipes da Série Ouro não fizerem as inscrições, vão jogar da mesma forma com os times que já estavam na Primeira Divisão. A partir do momento que a Série Prata for disputada, vai subir a quantidade de times necessária para compor a Elite de 2015. E a Terceira Divisão irá se unir com a Segundona, formando então a Série Prata”.

Outra novidade é que os jogadores não poderão disputar em mais de uma categoria, ou seja, quem disputar pelo Veterano não pode atuar na Ouro ou Prata e vice-versa. Um dos pontos mais polêmicos discutidos durante a reunião entre a SER e dirigentes de times foi a idade mínima permitida para os jogadores das séries Ouro e Prata (nascidos em 1997) e Veterano (nascidos em 1978). 

Valdir Oliveira, técnico da equipe do Planalto, comentou esta nova regra. “Vou ser bem sincero, estamos ouvindo a promessa que esse campeonato será o melhor, mas novamente será espremido. Não poderemos inscrever três dos nossos atletas porque quando a competição começar eles terão 16 anos completos, mas não poderão jogar porque foi estipulado o ano minimo de 1997, mas nasceram em 1998".  

Eleandro “Porquinho”, técnico da tradicional Família Liberdade, reclamou a falta de abertura por parte da SER para os dirigentes poderem opinar e até contribuir com sugestões no novo formato do campeonato. “Antes de tudo, admiro o trabalho do Secretário de Esporte, entretanto, dizem que o Campeonato é feito pra gente, mas nós não podemos dar sugestões”.

O secretário Bortoloti disse que já previa reclamações quanto ao novo formato, mas de qualquer forma a pasta trabalhará para realizar um bom Amador. “A retomada é difícil, já sabíamos que iriamos enfrentar dificuldades, pois é complicado agradar a todos. Os protagonistas do Campeonato são eles (times) e por isso buscaremos sempre ouvi-los, para juntos realizarmos um bom campeonato. Entretanto, quando se trata de futebol fica difícil porque cada um olha para o próprio umbigo”, disse. 

Amarelo Tasse, presidente da AFAP, comemorou o retorno da liga na realização do torneio, como era antigamente.  “Antes o torneio não era realizado pelo município e sim pelas ligas de futebol, por isso as agremiações eram fortalecidas, através das premiações. O objetivo da AFAP sempre foi resgatar esta parceria e agora, à convite do Secretário de Esportes, a entidade está disposta à resgatar o futebol da cidade, proporcionando aos jogadores adultos mais eventos durante o ano”, afirmou. 

Também participaram da apresentação do novo formato do Amador Nilton Ribeiro, representante da empresa Braed, Flávio Rodrigo, diretor de Esportes e os professores Sergio Luiz, Fernando Capelloti e Tobias. 

No próximo dia 27, durante um congresso técnico com todas as equipes inscritas, será definida a tabela do Amador 2014, através de sorteio. O Regulamento e as Fichas de Inscrições do Amador 2014 estão disponíveis no site da Prefeitura de Paulínia. 

Fotos: Lucas Rodrigues/CP Imagem

Comentar