Festival de Paulínia é fracasso de “público externo”: estrelas do Brasil e de Hollywood desfilaram para...

Da Redação
23/07/2014 00:34:00
Festival de Paulínia é fracasso de “público externo”: estrelas do Brasil e de Hollywood desfilaram para "ninguém"

[imagem] Se dentro o Theatro Municipal de Paulínia “Paulo Gracindo” ficou lotado de convidados vips, cargos comissionados e vereadores aliados do governo  Edson Moura Junior (PMDB), do lado de fora não tinha quase ninguém fazendo plateia para os astros e estrelas, nacionais e internacionais, que passaram pelo tapete vermelho da abertura do IV Paulínia Film Festival, na noite de hoje (20).


Acostumados com a o Oscar, onde o público para ovacioná-los é garantido todos os anos, os astros Danny Glover e Michael Madsen devem ter estranhado o vazio em frente ao Municipal de Paulínia, como mostram as fotos do G1/Campinas e Região. A estrela britânica Jacqueline Bisset, o cantor Martinho da Vila, o ator José de Abreu e outras celebridades também não foram prestigiados pelos fãs paulinenses.

Marcada paras às 19h00, a cerimônia começou com mais de duas horas de atraso. O ex-prefeito Edson Moura, idealizado do festival, e o filho dele Edson Moura Junior chegaram juntos, por volta das 20h30min, depois do ator americano Danny Glover (Máquina Mortífera), que pisou no tapete pouco antes das oito da noite. Os globais Marcos Caruso e Vera Holtz formaram a dupla de mestres de cerimônia e chamaram ao palco o astro de Máquina Mortífera para receber a “Menina de Ouro”. O dono da Imovision também foi homenageado pelos 25 anos da distribuidora franco-brasileira. Outros artistas também foram homenageados no palco do “Paulo Gracindo”. 

A cerimônia terminou por volta das dez e meia da noite e em seguida começou  a exibição do filme 'Não Pare Na Pista: A Melhor História de Paulo Coelho'. Paralelamente, começou rolar a festa em um dos estúdios do polo cinematográfico, apenas para convidadíssimos. A maioria das pessoas que teve acesso a abertura no teatro não pôde entrar na “balada”, regada à tudo de bom.

A partir de amanhã, até sábado (26), a programação do VI Paulínia Film Festival é aberta ao público, com exibições de filmes brasileiros e estrangeiros. O encerramento, domingo (27), também será apenas para convidados e autoridades, segundo informou a Secretaria de Cultura.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO ABERTA AO PÚBLICO.

23/07
9h: Festivalzinho
A Guerra dos Botões, de Yann Samuell
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
14h: Festivalzinho
O Pequeno Nicolau, de Laurent Tirard
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
16h: Mostra Competitiva de Curtas
Jessy, de Paula Lice, Rodrigo Luna e Ronei Jorge
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
16h15: Mostra Competitiva de Curtas
O Menino que sabia Voar, de Douglas Alves Ferreira
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
16h30: Mostra Competitiva de Longas
Aprendi a Jogar com Você, de Murilo Salles
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
18h: Internacional
O Samba, de Georges Gachot
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
19h30: Mostra Competitiva de Longas
Neblina, de Fernanda Machado e Daniel Pátaro
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
21h30: Mostra Competitiva de Longas
Sinfonia da Necrópole, de Juliana Rojas
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo

24/07
9h: Festivalzinho
O Pequeno Nicolau, de Laurent Tirard
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
10h: Debates com a equipe dos curtas-metragens
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
11h: Debates com a equipe dos longas-metragens
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
14h: Festivalzinho
Minhocas – o filme, de Paolo Conti e Arthur Nunes
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
17h: Mostra Competitiva de Curtas
De Bom Tamanho, de Alex Vidigal
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
17h15: Mostra Competitiva de Curtas
O Bom Comportamento, de Eva Randolph
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
18h: Internacional
As Férias do Pequeno Nicolau, de Laurent Tirard
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
20h: Mostra Competitiva de Longas
Boa Sorte, de Carolina Jabor
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
21h30: Mostra Competitiva de Longas
Castanha, de Davi Pretto
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo

25/07
9h: Festivalzinho
Zarafa, de Rémi Bezançon e Jean-Christophe Lie
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
10h: Debates com a equipe dos curtas-metragens
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
11h: Debates com a equipe dos longas-metragens
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
14h: Festivalzinho
Meu Pé de Laranja Lima, de Marcos Bernstein
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
17h: Mostra Competitiva de Curtas
190, de Germano Pereira
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
17h15: Mostra Competitiva de Curtas
O Clube, de Allan Ribeiro
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
17h45: Internacional
A Pedra da Paciência, de Atiq Rahimi
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
19h30: Mostra Competitiva de Longas
Casa Grande, de Fellipe Barbosa
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
21h30: Mostra Competitiva de Longas
Sangue Azul, de Lírio Ferreira
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo

26/07
10h: Debates com a equipe dos curtas-metragens
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
11h: Debates com a equipe dos longas-metragens
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
11h: Festivalzinho
Amazônia, de Thierry Ragobert
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
15h: Internacional
Paraíso, de Mariana Chenillo
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
17h: Mostra Competitiva de Curtas
Recordação, de Marcelo Galvão
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
17h15: Mostra Competitiva de Curtas
Edifício Tatuapé Mahal, de Carolina Markowicz e Fernanda Salloum
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
17h30: Internacional
Geronimo, de Tony Gatlif
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
19h30: Mostra Competitiva de Longas
A História da Eternidade, de Camilo Cavalcanti
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
21h30: Mostra Competitiva de Longas
Infância, de Domingos Oliveira
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo

Fotos: Reprodução/G1 Campinas e Região

Comentar