No total, 15 candidatos de quatro regiões da cidade disputaram as 10 vagas de conselheiros, neste domingo, 27

Da Redação
28/04/2014 23:43:00
No total, 15 candidatos de quatro regiões da cidade disputaram as 10 vagas de conselheiros, neste domingo, 27

[imagem] Quase 2.200 pessoas participaram na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Centro da escolha dos 10 (dez) novos membros do Conselho Municipal de Saúde (CMS) de Paulínia. Quinze candidatos das regiões Central, Monte Alegre, Planalto e São José disputaram as 10 vagas titulares e 5 suplentes. No total, foram computados 2.180 votos, sendo 2.053 válidos e 127 nulos. 


A eleição, que ocorreu durante todo o domingo (27), teve o seu pico na última hora de votação, quando a fila de eleitores chegou à dobrar a esquina da UBS Central. Entre os conselheiros eleitos a mais votada foi Maria Aparecida da Costa Saviolli, a Cida Saviolli, da Região Central, com 410 votos. Em segundo lugar ficou Fábio Canela, com 299 votos, e Luiz Moreira da Silva, em terceiro com 147, ambos também do Centro. 

A região do Monte Alegre também elegeu três conselheiros:  Marcia Macchi (211 votos), Paulo Roberto Paes (190) e Daniela Macedo Ramos (120 votos).  A disputa pelas vagas da região do Planalto foi tranquila. As duas candidatas, Alaide Evangelista Figueiredo e Glaciene Aparecida Buttura foram eleitas, com 18 e 2 votos, respectivamente

Paulo Cesar Seixas, o Alemão (132 votos) e Rosa Maria de Lima Nascimento  (112 votos) representarão a região do São José no novo Conselho Municipal de Saúde (CMS). 
Os demais cinco candidatos ficaram na suplência. 

Brigas e confusões

A eleição do Conselho Municipal de Saúde (CMS) de Paulínia também foi marcada por brigas e confusões entre membros do primeiro escalão do governo Moura Junior (PMDB) e populares. O Correio Paulinense Online obteve com exclusividade o vídeo que mostra cenas lamentáveis, de agressões e falta de respeito. Leia matéria e veja o vídeo!

Fotos: Lucas Rodrigues/CP Imagem 

Comentar