Mas o fim de semana de Futsal começou na sexta (14) e seguiu no sábado (15), sempre com o show da torcida nas arquibancadas

Da Redação
17/02/2014 19:37:00
Mas o fim de semana de Futsal começou na sexta (14) e seguiu no sábado (15), sempre com o show da torcida nas arquibancadas

[imagem] A rodada do fim de semana do Campeonato Municipal de Futsal 2014 foram com jogos espetaculares. Na sexta (14) estreou a categoria Feminina com as Garotas Fênix vencendo o  As Boleiras por 2 a 0. Depois de 36 partidas, 254 gols (média de 7,05 por partida) os duelos da fase de grupos da Segunda Divisão, terminaram  com o Serra Azul vencendo o Nárnia por 4 a 2 pelo grupo O, pelo P o Jardim Leonor goleando o Elite por 9 a 3 e o Equipior perdendo de 3 a 1 para os Brahmeiros B. 


As acirradas disputas do Sub-20 começaram no sábado (15), com seis grandes jogos dos Grupos A, B e C. No A, o forte e para muitos favorito Monterror perdeu para o Clã da Pop por 3 a 0 e os Avassaladores venceu o PDG por 6 a 0. Com a bela vitória, o Clã da Pop assumiu a liderança do grupo. Pelo B o Caçulinha conquistou três pontos ao golear o Dortmund por 6 a 0 O destaque ficou por conta da dupla de artilheiros 10 Didier e 9 Douglas Guarita, que marcaram três gols cada na vitória caçulense. Na segunda partida do mesmo grupo, Villa Real e Lagalaxy não saíram do 1 a 1. 

Para encerrar a rodada Sub-20, o grupo C foi representado pelo Internacional, que atropelou o Unidos pela Fé por 6 a 1, numa partida incrível, e no mesmo “naipe” o Liberdade bateu o Os Primos com 5 gols, sem levar um. A categoria feminina demostrou muita qualidade e excelente nível técnico. As Primas da técnica Sandrinha e as meninas da A.E. Paulinense, comandadas pelo professor Toninho, jogaram com muita garra e talento, mas quem acabou levando a melhor foi a AEP, que venceu de virada por 4 a 1. Este resultado levou a torcida à loucura.

Ontem (16) foi a estreia dos Veteranos, Grupos A e B, que jogam na calma, tranquilos e aproveitando os anos de experiência adquiridos nas quadras e nos gramados. Pelo A, abriu a rodada o tradicional Cruzeirinho, que venceu o Leões de Judá por 4 a 1. Em seguida, entrou em quadra o clássico Liberdade x Monte Alegre, que venceu por 3 a 2. No B, o Família Liberdade venceu o Calmitec por 3 a 1 e o que chamou a atenção nesta partida foi que a equipe Calmitecense entrou em quadra uniformizada com o manto ponte pretano, mas um dos jogadores, após a partida, vestiu a camisa do Guarani, o maior rival. Outros jogaram de chuteira verde limão – vai entender, né?

De todo o domingo, a partida pelo grupo B do Sub-17 entre Gula-Gula e Pirates foi a mais emocionante. Os Gulas aplicaram 11 a 2, mostrando dentro de quadra excelente organização e entrosamento, aliado a precisão nos chutes e os erros dos adversários. A “Artilharia Gula” é pesada. 

Um apagão no ginásio logo após o primeiro tempo comprometeu o início do segundo. O Pirates não queria continuar a partida por falta de visibilidade na quadra, enquanto o Gula-Gula queria continuar jogando, o que acabou gerando uma discussão, entre as equipes, arbitragem e organizadores do campeonato. O Pirates então decidiu não jogar mais e os outros 20 minutos restantes seriam em outra data. A Puro Esporte conversou com o Felipe, comandante do Pirates sobre os benefícios da nova data para a equipe. “Teremos mais tempo para nos preparar”, disse o técnico. 

Este colunista ouviu também o lado do Gula-Gula sobre a remarcação do jogo. “Remarcar a partida compromete a tabela, além do mais ainda está de dia e dá para jogar. A outra equipe se assustou com o nosso time e com esse intervalo vão querer treinar. Acho que faltou bom senso”, disse o técnico Fábio.

Quando a questão havia sido definida e as equipes deixavam a quadra a energia voltou e a partida recomeçou. “Agora nossa motivação será muito maior”, anunciou o goleiro Mateus do Gula. Então na segunda etapa, os “Gulenses” terminaram de construir a fantástica goleada de 11 a 2.

No grupo A, Planalto e A.E. Paulinense não saíram do empate por 1 a 1 e o Os Primos golearam o Real Pinheiro por 5 a 2. No outro jogo do B, o Internacional venceu o Pipinelas por 2 a 0 e encerrando os duelos desta categoria, o Pakaba São José “acabou” com o Unidos Pela Fé, por 4 a 1.   

Ontem também começaram as segundas partidas da Segunda Divisão do grupo A. Desclassificada, equipe de Betel não jogou contra o Comunidade Morro Alto, que saiu vitorioso por 5 a 0 - WO. De acordo com Fernando Capelotti, da SER, após o término da primeira partida da fase de grupos contra o Flacamp, foi informado que Betel inscreveu um jogador a mais de outra cidade para compor o elenco. Diante disso, a organização deu prazo para a equipe comprovar a residência do mesmo, pois o regulamento permite que apenas quatro atletas de outras cidades joguem por quaisquer time. Betel não comprovou a cidadania do jogador, então o time acabou sendo eliminado da competição. De agora em diante, os adversários de Betel serão beneficiados pelas regras de WO. 

Na última partida da rodada, Flacamp perdeu de 2 a 1 para o Jamaica e já acumula duas derrotas consecutivas, com isso a ficou mais difícil alcançar a classificação para a próxima fase, pois a equipe dependerá de uma combinação de resultados, além de ter que vencer a última partida da fase de grupos, contra o Comunidade Morro Alto, no dia 11 de março.

Hoje (17) grandes jogos prometem agitar o Ginásio “Agostinho Lara”. O Sub 15 jogará a sua terceira partida na competição, desta vez com Falcão Negro enfrentando o Alético Paulínia pelo grupo A. Outra partida importante será Liberdade e Boteco dos Amigos - digamos que vai ser um confronto difícil, pois ambas venceram e convenceram na estreia. O Abelhão fez 4 a 2 no Brothers United, enquanto o Boteco goleou o Igaraí por 8 a 3. 

CONFIRA AS GALERIAS DE FOTOS DO FIM DE SEMANA: SextaSábado - Domingo - Domingo I

Fotos: Lucas Rodrigues/CP Imagem

Comentar