OLHA O GOLPE! Contratos malfeitos? Depois não apareçam com contrato que custava R$ 2 milhões, custando R$ 4 milhões, pois...

Da Redação
04/10/2013 20:04:00
OLHA O GOLPE! Contratos malfeitos? Depois não apareçam com contrato que custava R$ 2 milhões, custando R$ 4 milhões, pois aí é que a besta ficará fubana!!!

[imagem] Boa nooooooooooooite meus amores! Olha, repudio quem usa a régua dos preconceitos para medir uma pessoa pela sua posição social, cultural, sexual ou política. Independente de qualquer coisa, todos merecem ser ouvidos e tratados com o devido respeito. Como homossexual nato aprendi desde cedo e por conta própria que para me fazer respeitado pela sociedade, tinha primeiro que me respeitar. Graças a Deus, sempre conquistei o respeito das pessoas justamente por isso.  Hoje, no jornalismo, muitas pessoas concordam com as minhas opiniões e outras não. Como sempre digo: esse é o “PONTO G” do meu trabalho. Agora, o fato de uma pessoa discordar da minha opinião não quer dizer que ela não me respeita como profissional ou cidadão. E quando assim for é porque primeiro a pessoa não se respeita.  Tudo isso para dizer: RESPEITE PARA SER RESPEITADO.


Politicamente falando, o ex-presidente da Associação dos Moradores do João Aranha, Amilton Cezar, o Cézinha, perdeu o respeito de vez das pessoas. O fato de ele ter sido 40 e hoje ser 15, encabeçar uma campanha pró-Moura nas redes sociais, rachar ou cascar o bico (como ele mesmo diz) nos grupos políticos do “Face”, para mim, nunca foi um problema. Pelo contrário, sempre achei divertidíssimo. Isso é uma coisa. Outra coisa é ele ir para a Sessão da Câmara com o único objetivo de provocar baderna e brigas e não para acompanhar como cidadão o trabalho dos vereadores.

No vídeo gravado pelo meu “cinegrafista amador”, Cézinha e o empresário Zé Nilton (defensores fanáticos dos Moura) aparecem claramente provocando as pessoas que se revoltaram por  terem sido chamadas de bobas pelo vereador Sandro Caprino (PRB), líder do governo Moura Junior (PMDB) na Câmara. É legítimo o povo se manifestar contra uma declaração absurda e infeliz dessas. Até o próprio Caprino (PRB) reconheceu e pediu perdão pelo descontrole e pela ofensa.  Agora, não é legítimo uma pessoa ir para a sessão programada para causar tumultuo e brigas. Isso é inadmissível.

Depois, Cezinha vai no Facebook e posta: “Se todas as sessões acontecer pandemônios como o que eu vi hoje, quero alertar não somente as autoridades para se posicionarem como alertar o nosso povo para evitar participar dessas sessões”. Ah da licença! Uma declaração ABUSRDA tanto quanto a de Sandro Caprino. Vai ter uma cara de pau assim lá na baixa da égua. Como respeitar uma atitude como esta? Aliás, parece que o pupilo dos “dois prefeitos” não age apenas por conta própria.  Pelo menos três pessoas afirmam ter ouvido o vereador Caprino (PRB) pedindo para Cezinha gritar “desaforos” para a vereadora Siméia Zanon (PSDC). Como pode? Caprino tem o microfone para divergir politicamente de qualquer colega, portanto, não precisa usar Cezinha e nem ninguém para fazer um papel que é dele. Ele que deixe o povo se manifestar espontaneamente. Correto? Lamentável tudo isso – muito lamentável.

Se por um lado, Caprino foi infeliz com o povo na plateia da sessão de terça-feira (1º), por outro ele demonstrou estar caindo em si, como representante do “povo bobo”, que a situação das crianças das creches está um caos. “Realmente a situação é muito difícil, Senhor Presidente, mas já estamos chamando a empresa (que fornece alimentos para as creches da rede pública) para conversar e resolver o problema”, disse o líder de Moura Junior (PMDB). Se a empresa será mesmo chamada não posso afirmar, agora o importante é que Caprino avançou um pontinho no conceito. 

Empresa lembra contrato, que lembram as palavras da diretora Aristéia Evaldo (lá vem ela de novo....gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas) sobre isso. Segundo a diretora, a situação caótica reconhecida por “seu vereador” Sandro Caprino (PRB) (que Custódio não fique enciumado...gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas) está assim por conta de contratos malfeitos na gestão do prefeito Pavan (PSB). 

Tudo bem, os contratos foram malfeitos? Então tá. Como responsável pelo Departamento de Educação Infantil (DEI), Dona Aristéia deveria pedir para o prefeito Moura Junior (PMDB) divulgar quais os problemas encontrados nos contratos e não ficar no blá-blá-bla, sem matar a cobra e mostrar o pau (uiiiiiii....gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). Problemas? Seiiiiiiiii!!!! Quero ver se os novos contratos para fornecer a mesma quantidade de alimentos, para a mesma quantidade de crianças, custarão o mesmo valor aos cofres públicos.  Quero só ver. Depois não apareçam com contrato que custava R$ 2 milhões, por exemplo, custando R$ 4 milhões, porque aí é que a besta ficará fubana (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). 

Contratos também parece ser a razão dos problemas da Saúde, que já deveria estar pelo menos na metade do caminho rumo ao padrão de primeiro mundo, conforme Moura Junior (PMDB) prometeu, um dia após “ganhar” a eleição.  “Em 180 dias a nossa Saúde terá padrão de primeiro mundo”, disse ele. Em vez disso, a Saúde que já esta ruim, hoje, está pééééééééééssima. De remédios à materiais básicos, falta de tudo. Nem o aparelho de tomografia, quebrado há 45 dias o prefeito mandou arrumar. Desse jeito, Paulínia só será a Cleveland Brasileira quando o petróleo acabar, como “profetizaram” Moura pai e Moura filho (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). Ah, 

Segundo o Portal G1, o secretário Renato Cardoso voltou a falar do prazo de 180 dias (já se passaram quase 77 dias, contando com hoje) para a Saúde paulinense funcionar plenamente e que os mais de 100 contratos da rede estão sendo analisados. “Aos poucos, estamos vendo aqueles que vamos manter ou encerrar e fazer novo processo licitatório", afirmou Cardoso ao site de notícias. Repito, só mudando os valores: depois não apareçam com contrato que custava R$ 4 milhões, por exemplo, custando R$ 8 milhões, pois o “bicho vai pegar” – e como vai, viu!

Na verdade, todo mundo sabe que Moura pai prometeu de tudo para eleger-se, através do filho, hoje “Prefeito”. Além de milagre na Saúde, o faraônico prometeu PAS de R$ 1.380,00, depois “baixou” para UM salário mínimo (e cadê?; ônibus de graça pra todo mundo (e cadê); viaturas estilo FBI para GM (e cadê); merenda escolar de alta qualidade (e cadê); abono para o funcionalismo, mas não adiantou que seria em 4 anos; enfim, ele prometeu de tudo, inclusive que SERIA CANDIDATO ATÉ O FIM. Foi, uma ova! Resumo da opereta: O sorriso virou choro e o sonho pesadelo. Besta de quem acreditou  que existe salvador da pátria. 

E o grampo que disseram ter achado no gabinete de Moura Junior (PMDB) hein? Ninguém fala mais nada sobre isso. Tentei atualizar o andamento das investigações com o delegado Marcos Antonio Evangelista, mas o doutor não estava na delegacia.  Será que o Secretário de Segurança, Cícero Luiz de Brito denunciou mesmo o caso também ao Ministério Público da City, como disse que faria no dia em que a suposta escuta clandestina foi “descoberta”? Sei não, mas desconfio que  alguma doida pegou o “grampo” para prender pitó, até dizer chega (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). 

Através, da sessão “Comentar” do site,  “Zé da Silva” me fez a seguinte pergunta: este anúncio do PAS é patrocínio? Tentei responder pelo e-mail cadastrado pelo “cidadão”, mas como era falso a mensagem voltou. Então respondo por aqui mesmo. ESTE ANÚNCIO É UMA PRESTAÇÃO DE UTILIDADE PÚBLICA DO MAIOR PROGRAMA SOCIAL JÁ IMPLANTADO EM TODA A HISTÓRIA DA CITY E QUE CONTINUA SENDO A “SALVAÇÃO” DE MUITAS FAMÍLIAS CARENTES DO MUNICÍPIO, QUE SE FOSSEM DEPENDER DO “+PAZ” DE MOURA JUNIOR (PMDB), ESTAVAM TODAS LAAAAAAAAAAAAASCADAS! “Respondido, querido?” Então táááááááá´!!!!  

Bem meus amores, por hoje é só. Um fim de semana espetacular para todos nós e que O ÚNICO E VERDADEIRO SALVADOR DE TODOS NÓS continue à nossa frente. Muitos beijos e abraços. Au revoir! 

Comentar