Frio: nove pessoas são retiradas das ruas pela PMP

Da Redação
29/07/2021 17:07:36
Frio: nove pessoas são retiradas das ruas pela PMP

Acolhidos são protegidos das baixas temperaturas

Elas foram levadas para o ginásio poliesportivo do Monte Alegre, que desde o ano passado abriga cidadãos que não têm onde morar

Nos últimos dois dias, nove moradores de rua foram encaminhados para o abrigo criado no Ginásio Poliesportivo “Éttori di Blasio”, no Jardim Monte Alegre, em abril do ano passado, pela Prefeitura Municipal de Paulínia (PMP). Desenvolvido pelas secretarias municipais de Assistência Social, Saúde e Defesa Civil, em parceria com a Missão Madre Teresa de Calcutá e o Fundo Social de Solidariedade da cidade, o trabalho de acolher essas pessoas visa, principalmente, protegê-las da intensa frente fria que começou nesta quarta-feira (28) e, segundo meteorologistas, deve permanecer pelos próximos 15 dias.

“Além desses acolhimentos, foram efetuadas ontem 30 abordagens. As pessoas que não quiseram ser abrigadas receberam cobertores e marmitex. A ação prossegue nesta quinta-feira, 29”, informou a assessoria de imprensa da PMP.



A PMP disponibiliza camas, roupas, cobertores, espaço de higienização pessoal e refeições para os abrigados. “Já estávamos executando um trabalho de acolhimento às pessoas em situação de rua, porém, com a chegada de uma frente fria mais intensa, tomamos a decisão de intensificar os trabalhos", explicou a secretária de Assistência Social, Rita Coelho, por meio da assessoria. 

Segundo a Defesa Civil, Paulínia registrou mínima de 5,2 graus na madrugada desta quinta-feira (29).  “Os bairros monitorados foram: Centro, Jardim Planalto, Morro Alto, Vila Nunes, Alto dos Pinheiros, João Aranha, Monte Alegre, Presidente Médici, Vila Bressani, Nova Paulínia, Santa Cecília, Santa Terezinha, Morumbi e Betel. A estação meteorológica usada é a do Ciiagro da Unicamp”, acrescentou a PMP.

Mizael Marcelly
Foto: Divulgação/PMP 

Comentar