Câmara homenageia mineiro que trabalhou com o emancipador e 1º prefeito de Paulínia

Da Redação
26/11/2020 15:11:21
Câmara homenageia mineiro que trabalhou com o emancipador e 1º prefeito de Paulínia

Zé Coco, autor da homenagem, e Basílio

Sete décadas depois de mudar para a cidade, vindo de Pouso Alegre (MG), João Basílio Moreira recebe título oficial de Cidadão Paulinense

A Câmara Municipal de Paulínia (CMP) concedeu a João Basílio Moreira, 88 anos, o Título de Cidadão Paulinense, em reconhecimento à sua trajetória na cidade. Nascido em 1932, no município de Pouso Alegre (MG), Basílio mudou para Paulínia em 1950, quando tinha apenas 18 anos, e o seu pai, Sebastião Basílio Moreira, passou a trabalhar na Fazenda São Francisco, comprada pela Rhodia. “Ele também trabalhou no local e, mais tarde, casou-se com Maria Júlia Moreira. O casal teve dez filhos”, disse a assessoria de imprensa da CMP.

Quatorze anos depois de sua chegada, João Basílio, como é mais conhecido, testemunhou o então Distrito de Paulínia sendo elevado a Município do Estado de São Paulo, em 28 de fevereiro de 1964. O movimento que culminou na emancipação político-administrativa da cidade foi criado por José Lozano de Araújo, o primeiro prefeito de Paulínia, de 1965 a 1969. Convidado por Lozano, Basílio aceitou trabalhar na Prefeitura Municipal, onde atuou em diversos setores, até se aposentar. 

O Decreto Legislativo para homenagear o homem que viu Paulínia surgir e crescer foi aprovado, por unanimidade, na sessão ordinária de 24 de março deste ano.  Em razão da pandemia do novo coronavírus, Basílio recebeu o Título de Cidadão Paulinense em casa, na Vila Bressani, das mãos do vereador Zé Coco (PSB), autor da homenagem. “Foi muito gratificante poder reconhecer um pouco do muito que esse grande homem representa para a cidade. Basílio é um verdadeiro patrimônio da história paulinense”, comentou o parlamentar.

Foto: Divulgação/CMP

Comentar