Ações contra mosquito derrubam casos de dengue em Paulínia

Da Redação
04/07/2020 20:07:58
Ações contra mosquito derrubam casos de dengue em Paulínia

Agentes da UCV visitam casas e orientam moradores sobre cuidados básicos

Segundo a Prefeitura da cidade, só no mês de junho a queda foi de 86%, em comparação ao mesmo período do ano passado

Em 2019, Paulínia registrou pelo menos 914 casos de dengue, doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, sendo 760 entre os meses de janeiro e maio. Uma pessoa morreu, segundo a Prefeitura Municipal. Por conta do alto índice, o município intensificou as ações de combate e prevenção ao mosquito, especialmente nas regiões mais afetadas. Com isso, os casos locais da doença despencaram, segundo os últimos números oficiais divulgados.   

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), nos cinco primeiros meses deste ano Paulínia registrou 121 casos de dengue, queda de 84% em comparação ao mesmo período do ano passado. No último mês do primeiro semestre deste ano a redução foi ainda maior: 86%. Ou seja, em junho de 2019 foram 96 registros da doença, contra apenas três em junho de 2020.

A Unidade de Controle de Vetor (UCV) da SMS é responsável pela execução das medidas de combate e prevenção contra o Aedes aegypti que, além da dengue, transmite também zika, febre amarela e chikungunya. Agentes da UCV percorrem periodicamente os bairros da cidade, orientando a população sobre os cuidados básicos que evitam a presença do mosquito, como: tampar tonéis e caixa d’água, manter calhas sempre limpas, deixar garrafas sempre viradas com a boca para baixo, lixeiras bem tampadas, ralos limpos e com aplicação de tela, colocar areia em vasos de plantas, lavar com escova ou bucha as vasilhas de água dos animais de estimação, entre outros. 

Em parceria com a UCV, a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos tem realizado, constantemente, mutirões de limpeza em várias regiões do município. Segundo a pasta, nos últimos meses, foram recolhidas toneladas de lixo e entulhos depositados, principalmente, em terrenos baldios, que servem de criadouro para o mosquito. 

As ações mais recentes contra a dengue ocorreram, segundo a Prefeitura, nos bairros Bom Retiro, Cooperlotes, Monte Alegre, José Paulino Nogueira, Vila Bressani, Presidente Médici e Jardim Flamboyant (Nosso Teto). Denúncias sobre criadouros do mosquito podem ser feitas pelo telefone 3874.3382, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Foto: PMP/Divulgação

Comentar