“Razoável”, diz Conselheiro de Saúde sobre valor de respiradores seminovos

Da Redação
27/05/2020 14:05:31
“Razoável”, diz Conselheiro de Saúde sobre valor de respiradores seminovos

Segundo conselheiro, ele esteve no HMP verificando os equipamentos

Antonio Castro afirmou ter apurado com profissionais que marca de aparelhos comprados pela PMP por R$ 400 mil é considerada a melhor do marcado

A polêmica em torno dos quatro respiradores mecânicos seminovos comprados pela Prefeitura Municipal de Paulínia (HMP) em razão da pandemia do novo coronavírus fez um integrante do Conselho Municipal de Saúde (CMS) abordar o assunto nas redes sociais, nesta quarta-feira (27). A compra por dispensa de licitação, autorizada pela Lei Federal 13.979, de fevereiro deste ano, foi realizada no final de abril e custou R$ 400 mil aos cofres públicos. De acordo com o conselheiro Antonio Castro, o preço pago pela PMP é “razoável” e a marca dos aparelhos a melhor do mercado.

Confira abaixo
o que ele postou em um grupo no Facebook.

“Como fui citado em algumas publicações nas redes sociais sobre à compra dos 4 respiradores, pelo valor de 100 mil cada um, declaro que, quando os aparelhos chegaram no hospital, eu e a Iria Onira estivemos hospital e verificamos a marca e o modelo dos aparelhos, afim de consultar os valores.

A marca dos aparelhos é Drager e o modelo é o Savina. Consultei profissionais que conhecem às marcas de excelência em respiradores e me atestaram que essa marca, é considerada por muitos, como a melhor marca de respiradores do mercado.

Liguei na empresa para saber o preço de um aparelho desses, a atendente me encaminhou para um vendedor, liguei pra ele, mas não fui atendido.

Em seguida fiz uma pesquisa na internet e o valor estava próximo aqueles pagos pela prefeitura. Os novos custam em torno de 140 mil cada um, os que foram comprados são seminovos.

Considerando o momento de alta procura desses aparelhos no mundo, considerei o valor de 100 mil razoável.

Faço essa declaração porque, primeiro sou conselheiro de saúde, e devo, por obrigação do cargo que ocupo ( sem salário) publicizar às informações relativas às nossas ações e segundo, porque isso é relevante à sociedade que servimos.

Penso que politizar as ações públicas seja correta e boa para a democracia e para o exercício da cidadania, porém, precisamos averiguar antes, aquilo que afirmamos.

Se alguém tiver outras informações que prove alguma infração na aquisição dos aparelhos, considero importante que informe à população e a justiça, porque esse deve ser o procedimento de todo cidadão, caso não o faça, comete crime de prevaricação.

Para quem deseja conhece os aparelhos, deixo aqui às fotos dos detalhes, para que cada um possa pesquisar também e tirar suas próprias conclusões, como de direito.

Antonio Castro".

Foto: Reprodução/Rede Social

Comentar