Paulínia investiu até agora R$ 3,2 milhões no combate ao novo coronavírus

Da Redação
05/04/2020 15:04:04
Paulínia investiu até agora R$ 3,2 milhões no combate ao novo coronavírus

Camas elétricas para o HMP estão entre os equipamentos comprados

Dinheiro foi gasto em materiais, equipamentos e insumos para o hospital da cidade, além de testes rápidos para coronavírus, Influenza e tuberculose

Desde que entrou em situação de emergência, no último dia 19, por conta da pandemia do novo coronavírus, Paulínia já investiu R$ 3.285.119,03 (três milhões, duzentos e oitenta e cinco mil, cento e dezenove reais e três centavos) no combate à propagação da doença. O valor foi levantado pelo Correio nas edições do Semanário Oficial do Município (SOM) publicadas entre os dias 20 de março e 3 de abril.

Com o dinheiro, a Prefeitura da cidade comprou 20 mil testes rápidos para coronavírus, e outros 13 mil testes rápidos para Influenza (9.000) e tuberculose (4.000), no total de R$ 1.950.600,00 (um milhão, novecentos e cinquenta mil e seiscentos reais), além de materiais, equipamentos e insumos hospitalares para atender pacientes e profissionais da saúde, tais como:  máscaras, luvas, aventais, óculos, lençóis descartáveis, álcool, revestimento vinílico em manta para UTI do HMP, colchões, tubos de coleta de sangue, oxímetros de pulso portáteis, camas elétricas, cardioversor e desfilibrador cardíaco, carro de emergência hospitalar, entre outros.

Todas as compras estão sendo feitas na modalidade emergencial, ou seja, sem licitação, autorizada neste período de pandemia e que tem agilizado a implementação de medidas para conter o avanço da Covid-19 no município. 

Foto: Ilustração

Comentar