Recesso de fim de ano não fechará serviços de saúde em Paulínia

Da Redação
21/12/2019 15:12:43
Recesso de fim de ano não fechará serviços de saúde em Paulínia

Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Planalto

Pela primeira vez, UBSs, Centro de Especialidades e outros dez setores de saúde funcionarão normalmente, exceto nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1º de janeiro

De acordo com o Decreto 7689/2019, baixado pelo prefeito Du Cazellato (PSDB), a Prefeitura de Paulínia fecha na próxima segunda-feira (23) e só reabre ao público dia 6 de janeiro, a primeira segunda-feira de 2020. No entanto, pela primeira vez, o chamado “recesso de fim de ano” não atingirá os serviços de saúde do município. 

Nesta sexta-feira (20), a Prefeitura informou que durante o recesso todas as Unidades Básicas de Saúde (Betel, Centro, Cooperlotes, Jardim Amélia, Jardim Planalto, João Aranha, Monte Alegre, Parque da Represa e São José), Centro de Especialidades, Centros Odontológicos (Centro, São José, Planalto e Monte Alegre), CETREIM, Fisioterapia, Saúde Mental (CAPS), Farmácia Alto Custo, Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica, Centro de Testagem e Acolhimento (CTA), Centro de Convivência e Saúde em Casa funcionarão normalmente, exceto nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1º de janeiro. 

O atendimento no Hospital e Pronto Socorro de Paulínia será normal, todos os dias. "Em 2018, mantivemos duas UBSs abertas com serviços restritos. Agora damos um salto no atendimento aos munícipes, evitando que haja deslocamentos pela cidade e possibilitando que o Pronto Socorro não seja sobrecarregado", comentou Cazellato, por meio da assessoria de imprensa.

Zoonoses
Ainda de acordo com a Prefeitura de Paulínia, a Vigilância em Zoonoses estará de plantão todos os dias, das 9h às 15h. “Para coletar animais mortos independente do porte, morcegos caídos ou com comportamento estranho durante o dia, retirada de cobras ou escorpiões”, informou a assessoria de imprensa. Acione a Zoonose pelos telefones: 3833-2299 e 3874-9266

Câmara
O Poder Legislativo também entra em recesso segunda-feira (23) e volta dia 6 de janeiro. Nesse período, não haverá atendimento ao público nos gabinetes dos vereadores. Também na segunda (23), acontecem as últimas votações de projetos do ano, com destaque para o PL 68/2019, que estima a receita e fixa despesas para o exercício financeiro municipal de 2020.

Foto: Divulgação/PMP

Comentar