Mãe posta falta de pomadas no HMP para filho queimado

Da Redação
16/01/2019 20:01:20
Mãe posta falta de pomadas no HMP para filho queimado

Apesar das queimaduras graves, o menino passa bem, segundo disse a mãe, ontem (15), no post

“A enfermeira me pediu desculpas por não ter as coisas e os medicamentos”, escreveu ela, que comentou o caso, também, no Correio

Lucineia Pires de Oliveira, mãe de um menino que sofreu queimaduras nas regiões da barriga e pélvica, enquanto se alimentava, utilizou sua rede social para desabafar contra a falta de remédios no Hospital Municipal de Paulínia (HMP). De acordo ela, ao chegar com o filho no HMP foi informada pela enfermeira que as pomadas necessárias para tratar os ferimentos do menino estavam em falta

“Tive q (ue) compra as pomadas p (ara) usar nele prq (porque) o hospital não tem muitos medicamentos a enfermeira me pediu desculpa por não ter as coisas e os medicamentos”, afirmou ela, no post publicado nesta terça-feira (15). 

Lucineia, também, relatou o caso no Correio, ao comentar a matéria “Prefeitura vai gastar mais  R$ 5,7 MILHÕES com locação de veículos”, publicada ontem. “Cheguei com meu nene hj (hoje) no hospital com queimaduras graves e tive q (eu) comprar as pomadas prq (porque) não tem enquanto esses ordinários vivem no luxo estou revoltada com esses políticos eles não usam o hospital por isso tem convênios e dinheiro p (ara) pagar médicos e comprar remédios”, criticou.

Hoje, procuramos Lucineia, mas ela preferiu não dar mais detalhes do caso. “Já postei no Face e não queria expor mais o meu filho”, respondeu. Também, não conseguimos contato com a direção do HMP. Ainda ontem (15), a mãe do menino, cujo primeiro nome é Antony, disse que ele passa bem, apesar da gravidade das queimaduras. 

Foto: Facebook/Reprodução

Comentar