Cazellato cancela compra de programa de computador autorizada por Dixon

Da Redação
15/12/2018 17:12:27
Cazellato cancela compra de programa de computador autorizada por Dixon

O prefeito cassado Dixon Carvalho (Progressitas) e o interino Du Cazellato (PSDB)

Software de gestão educacional, que custaria quase R$ 1,7 milhão, é oferecido de graça pelo Estado, como denunciou o Correio doze dias antes do pregão

Terça-feira (11), o prefeito interino Du Cazellato (PSDB) cancelou (Veja REVOGAÇÃO) a compra do programa de computador (software) de gestão educacional, autorizada pelo então prefeito Dixon Carvalho (Progressistas), no dia 17 de abril (Veja HOMOLOGAÇÃO). O pregão eletrônico 20/2018 foi realizado dia 22 de março passado, e a empresa vencedora foi a Inter Tec Soluções em Software Ltda, que receberia R$ 1.699.920,00 (um milhão, seiscentos e noventa e nove mil, novecentos e vinte reais).

No dia 10 de março, doze dias antes do pregão, o Correio denunciou (Veja MATÉRIA) que o software licitado pela Prefeitura de Paulínia é oferecido de graça pelo governo do estado. À época, questionamos, também, a compra de outro programa  - para criação de aulas e apresentação de multimídia - por quase R$ 2,5 milhões, cuja licitação foi vencida pela Calthec Informática Ltda, homologada e depois cancelada pelo próprio prefeito cassado.

Para cancelar a compra do software de gestão educacional, Cazellato (PSDB) considerou, dentre outros motivos, “o elevado custo” do programa para o município,  “especialmente se comparado à versão gratuita oferecida pelo governo estadual”, bem como o “robusto acervo probatório” (provas) de irregularidades insanáveis no edital do programa, reunido no inquérito do Ministério Público (MP), que investiga o caso (Veja MATÉRIA). 

O prefeito cassado e o ex-secretário de Educação Luciano Ramalho sempre negaram qualquer irregularidade na licitação. 

Pagamentos
De acordo com o Portal da Transparência do município, no dia 18 de abril, um dia após a homologação da licitação, foram reservados (empenhados) R$ 1.142.346,23 (um milhão, cento e quarenta e dois mil, trezentos e quarenta e seis reais e vinte e três centavos) para pagamento da Inter Tec Soluções em Software Ltda, mas a empresa não recebeu nenhum valor.

Foto: Arquivo/CP Imagem


Comentar