Paulínia continua sem deputado; Bolsonaro (PSL) vence Haddad (PT) na cidade

Da Redação
07/10/2018 21:10:34
Paulínia continua sem deputado; Bolsonaro (PSL) vence Haddad (PT) na cidade

Com 100% das urnas da cidade apuradas, o número de abstenções cresceu mais de 9% em comparação às eleições de 2014

Marcelo D2 (PROS) teve 4.269 votos, Sanzio Rodrigues (MDB) 1.908; abstenções somaram quase 15 mil

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) venceu Fernando Haddad (PT) no município. Ele obteve 31.771 dos votos validos (59,24%) contra 7.749 do petista (14,45%). No resultado geral, Bolsonaro e Haddad vão se enfrentar no segundo turno da disputa para a Presidência do Brasil. 

1º turno
Com 73.150 eleitores aptos a votar, distribuídos por 195 seções de votação, Paulínia registrou 58.176 votos válidos (79,53%), segundo totalização oficial do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Já o número de abstenções foi 14.973, índice de 20,47%. Em 2014 eram 64.126 eleitores, dos quais 11.670 (18,20%) não compareceram para votar. 

Deputado Federal
José Carlos Trevenzolli Filho, o Bepe Pantera (DC), concorreu à Câmara Federal pela segunda vez. Ele recebeu 3.316 votos, contra 2.774 em 2014.  Edna Della Nina (PT) recebeu 1.806 votos e William Rodrigues, o Professor William (Pátria Livre) obteve 412 votos.  Nenhum foi eleito. 

Deputado Estadual
Entre os candidatos à Assembleia Legislativa do Estado, o vereador Marcelo Penha de Souza Ferraz, o Marcelo D2 (PROS), e o contador Sanzio Rodrigues (MDB) eram os mais cotados para representar Paulínia. No entanto, eles não foram eleitos. Com uma campanha arrojada e o apoio de lideranças locais, Marcelo D2 recebeu 2.789 votos na cidade e 1.480 no Estado, totalizando 4.269 votos. Já Sanzio Rodrigues obteve 1.454 votos na cidade e 454 no Estado, totalizando 1.908 votos. 

Miriam Antunes (NOVO) teve 754 votos na cidade e 3.444 no Estado, totalizando 4.198 votos. Valdireny de Mira da Silva (PHS) recebeu 229 votos na cidade e 228 no Estado, totalizando 457 votos.

Ranking dos mais votados desde 2002

O ex-vereador Jaime Donizete Pereira, o Jaiminho, permanece líder isolado no ranking dos candidatos de Paulínia mais bem votados para a Assembleia Legislativa do Estado, com 24.980 votos nas Eleições 2002. Já o cinturão de campeão de votos em Paulínia para deputado estadual pela cidade continua com o ex-secretário municipal de Cultura Emerson Alves, com 6.406 do total de 7.659 recebidos em todo o Estado, nas eleições 2006. 

Confira os outros paulinenses mais bem votados na cidade para deputado estadual:

2º colocado
Vereador Danilo Barros (Eleições 2014): 5.048 votos na cidade, 6.957 no Estado.

3º colocado
O ex-vereador Jaiminho (Eleições 2002): 4.632 votos na cidade, 24.980 no Estado

4º colocado
 O ex-prefeito José Pavan Junior (Eleições 2014): 3.488 votos na cidade, 5.196 no Estado.

5º colocado
Miriam Antunes (NOVO): 3.444 votos (Eleições 2018)

6º colocado
Marcelo D2
(PROS): 2.789 votos (Eleições 2018)

7º colocado
O ex-secretário municipal de Habitação Danilo Garcia (Eleições 2010): 1.351 votos na cidade, 1.997 votos no estado. 

Foto: Ilustração


Comentar