EITA OPOSIÇÃO QUE TRAVA TUUUDO (#SQN); Então, QUEM TRAAAVA?; Procuradores da Prefeitura não estão deixando PASSAR NADA, de suspeito, claro!

Da Redação
27/09/2018 19:09:08
EITA OPOSIÇÃO QUE TRAVA TUUUDO (#SQN); Então, QUEM TRAAAVA?; Procuradores da Prefeitura não estão deixando PASSAR NADA, de suspeito, claro!

Sem tênis escolar, que só chega em novembro, alunos desfilaram uniformes no Teatro "Paulo Gracindo" e foram ovacionados

Boooooooooooooooooooooooooa nooooooooooooooooooooooooite, meus amooooooooooooooores!!! Então, quer dizer, que a OPOSIÇÃO TRAVOU e, por isso, OS UNIFORMES SÓ ESTÃO SENDO ENTREGUES AGORA, faltando três meses para terminar o ano letivo? Que CONVERSA FIADA é essa? Gente do céu, quando a classe política vai se convencer de que a população não é mais ignorante e desinformada como outrora? Que, hoje, a gestão pública aparece com apenas alguns cliques? Quando vai cair a ficha deles, hein?

Quem traaaaaaaaaaaavou? Dia 23 de outubro do ano passado deveria ter acontecido a primeira licitação (Pregão Eletrônico 339/2017) para compra de uniformes, lançada pelo governo Dixon (Progressistas). No entanto, a empresa Camposilk Artes e Estamparias Ltda., de Santa Catarina, representou (Processo TCE-SP nº 16771.989/17) contra o Edital do pregão eletrônico no Tribunal de Contas do Estado (TCE-SP), que suspendeu a licitação, a administração acatou a suspensão, depois revogou a concorrência, por determinação do próprio prefeito. Então, ESSA LICITAÇÃO NÃO FOI TRAVADA PELA OPOSIÇÃO.

Em janeiro, o governo Dixon (Progressistas) lançou nova licitação para compra de uniformes (Pregão Eletrônico 6/2018), que deveria ter ocorrido dia 26 daquele mês. Essa, também, foi alvo de questionamento no TCE-SP (Processo nº 1304.989/18), dessa vez pelo advogado Alexandre Augusto Lanzoni, de São Paulo. No entanto, o relator do caso Samy Wurman negou a suspensão desse pregão, que poderia ter sido realizado, normalmente, na data marcada. 

Maaaaaaaaaaaas, o que aconteceu? Aconteceu que, a administração Dixon (Progressistas) revogou a licitação um dia antes (25/01); no dia seguinte (26) cancelou a própria revogação; depois remarcou a realização do pregão para o dia 9 do mês seguinte (fevereiro); e, finalmente, homologou a licitação no dia 15 de maio, a favor das empresas Nayr Confecções (uniformes) e Novo Tempo Ind. Com. de Artigos Escolares (tênis). Então, ESSA LICITAÇÃO, também, NÃO FOI TRAVADA e muito menos atrasada PELA OPOSIÇÃO. Vejam que, com apenas alguns “cliques” qualquer “conto de vigário” cai por terra.

Fechada a licitação em maio, a empresa Nayr começou a entregar os uniformes à Prefeitura somente em 28 de agosto, ou seja, mais de três meses depois, e terminou dia 19 passado. Já os tênis, cuja compra foi homologada junto com a dos uniformes, só será entregue dia 20 de novembro, segundo informações da própria prefeitura. Por isso, os alunos levaram seus sapatos para o desfile no teatro, segunda-feira (24). Então, já é bom adiantar que, A OPOSIÇÃO NÃO TRAVOU, também, A ENTREGA DOS TÊNIS.

Pois é, o babado é outro, o ponto do crochê é mais fácil do que fazer qualquer suíno dormir com cafuné.  Se o GOVERNO FAZ AS COISAS DENTRO DA LEGALIDADE, A OPOSIÇÃO PODE FAZER O ESCAMBAU, MAS NÃO CONSEGUE NADA. Quem TRAVA UMA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA são EDITAIS DE LICITAÇÕES CHEIOS DE IRREGULARIDADES, FABRICADOS SOB MEDIDA PARA ENRIQUECER EMPRESÁRIOS E AGENTES POLÍTICOS COM DINHEIRO PÚBLICO. Isso é fato. Se tudo estiver dentro dos conformes legais, nada é suspenso ou impugnado – no máximo, pode demorar um pouco pra sair, mas sai e a população é atendida, não sofre. Simples!!!

Apurei que os novos Procuradores da Prefeitura não estão deixando passar nada. Chegou algum edital de licitação com o mínimo indício de irregularidade, as pestanas nem batem: eles dão parecer contrário na hora, feito caldo de cana.  Certíssimos. Os Procuradores (advogados concursados, que defendem juridicamente os interesses do Município) são integrantes permanentes do serviço público municipal, enquanto prefeitos e secretários são membros passageiros, que, geralmente, quando saem, somem do mapa e quem assinou embaixo com eles que responda e se lasque sozinho pelos malfeitos. E quem é doido? 

Mudando de assunto, embora o assunto seja bem “velhiiiiiiiiho”, em julho passado a Prefeitura informou: “O Hospital Municipal de Paulínia está totalmente concluído, em breve será equipado com o que há de mais moderno e entregue à população”. Setembro já está terminando, e, até agora nada do HMP ser entregue, como não foi em dezembro e fevereiro passados. SERÁ QUE A OPOSIÇÃO PAROU E SAQUEOU AS CARRETAS CHEIAS DE EQUIPAMENTOS?

Com a disputa pela Presidência do Brasil dominando do Oiapoque ao Chuí, quase ninguém está interessado em saber quem será o próximo Presidente da Câmara de sua cidade. Até porque, o Chefe do Legislativo Municipal é eleito entre os pares. Aqui, na city, a corrida pela sucessão do amado Du Cazellato (PSDB) está quente faz tempo. A cadeira foi prometida para o PSDC (partido da base governista), que definiu o queridíssimo Loira para ocupar o cargo, a partir de 1º de janeiro de 2018.

Maaaaaaaaaas, mesmo a escolha de Loira sendo “acordada entre os cavalheiros”, lá em 1º de janeiro do ano passado, durante as costuras para eleger o atual presidente Cazellato, Antonio Miguel Ferrari (como Loira nasceu) precisará do voto da maioria dos colegas para receber a coroa das mãos do tucano. No entanto, como já venho sinalizando faz tempo, Loira vai precisar, também, de um “capote vermelho cintilante, 115 x 200”, para afastar o “touro feroz” que está “babando” pela caneta do Legislativo. Oléééééééééééééééééééé!!!

Vou ficando por aqui. A todos, uma noite abençoada e protegida por NOSSO SENHOR JESUS CRISTO. Muuuuuuuuuuitos beeeeeeeeeeeeeeijos e abraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaços!! Au revoir!!!

Foto: Agora Paulínia/Reprodução

Comentar