VÍDEO LOROTA “17 Meses de Ação”; Conteção de despesas no meio do ano?; Secretário de Habitação COMEÇOU MAL; Saiu a ÚNICA MULHER!!!

Da Redação
07/07/2018 20:07:22
VÍDEO LOROTA “17 Meses de Ação”; Conteção de despesas no meio do ano?; Secretário de Habitação COMEÇOU MAL; Saiu a ÚNICA MULHER!!!

Leonardo Viu Torres e Janaína Padovani: secretário de Habitação e ex-secretária de Cultura

Boooooooooooooooooooa nooooooooooooooooite, meus amooooooooooores!!! Única mulher no secretariado municipal, a amaaaaaada, elegantérrima e lindaaaaaa Janaína Padovani  foi substituída, interinamente, por Fernando Henrique de Queiroz Mais, então Chefe de Gabinete da Cultura. Agora, os “bofes” reinam sozinhos no primeiro escalão do governo Dixon Carvalho (Progressistas). Várias versões estão correndo à boca miúda, mas a que interessa mesmo, a própria morena que “para o trânsito” me contou: “Preciso de dedicação integral aos meus projetos”. Explicado.  O trem de secretários exonerados ou que entregaram os cargos foi puxado pela ex-titular de Negócios, Jurídicos, Elisete Quadros, em 3 fevereiro de 2017. De lá para cá, já foram treze baixas no secretariado de Dixon (Progressistas).

Falando em secretários, dia 21 do mês passado, a nomeação de Leonardo Viu Torres para a pasta de Habitação foi muito criticada pelo fato do irmão dele e presidente municipal do Solidariedade (SD), Mauro Domingos Torres Junior, fazer, até então, oposição ao governo Dixon (Progressistas). Até vereadores aliados ao governo, também, protestaram contra a nomeação, quando o secretário de Governo Beto Cavallaro antecipou a notícia na sala da Presidência da Câmara. Segundo meu passarinho, dos nove edis que foram informados, apenas um disse não ver problemas – o resto ficou com a “mulésta do cachorro”.  Mas, Leó foi nomeado e pronto.  E, como disse na ocasião, repito agora: “se direta e indiretamente, os irmãos Torres podem contribuir com o governo e a cidade, a nomeação se mostrará positiva”.

Maaaaaaaaaaas, a autorização para o novo secretário de Habitação utilizar carro oficial, no meu ponto de vista, pegou mal.  Todo mundo sabe a fortuna que o povo paulinense paga em locação de veículos para assessores, diretores e secretários municipais. Como novo membro de um governo, que em pleno meio do ano já baixou um decreto de “contenção de despesas” (leia mais abaixo), Léo deveria chegar fazendo a diferença, ou seja, rejeitando uma regalia que já deveria ter sido excluída das despesas públicas, há muito tempo.  Perdeu a chance de, nesse quesito, ser um exemplo a ser seguido por outros secretários. Eu, acho!!!

Desde quarta-feira (4), está decretada contenção de despesas na Prefeitura da City. Segundo o prefeito, “a receita efetivamente realizada não permitirá a obediência ao cronograma de execução mensal de desembolso estabelecido”. Traduzindo, o município estaria arrecadando menos do que tem para pagar.  De janeiro até terça (3), somente de repasses estadual, entrou no cofre da city quase R$ 440 milhões (em números redondos, R$ 438. 349.365,29) – pouco mais de R$ 73 milhões por mês. No mesmo período do ano passado, Paulínia recebeu R$ 33 milhões a menos.

Geralmente, decretos de “contingenciamento de despesas” são baixados de setembro em diante, mas as finanças municipais devem estar tão emboladas que mal começou o segundo semestre e Dixon (Progressistas) já mandou ver. A ordem é economizar combustível, energia, telefone e material de trabalho. Secretários, diretores e Chefes de setores não poderão fazer despesas fora do cronograma sem autorização do Prefeito e Secretário de Finanças. Hora extras, também, estão proibidas.  Será que vão conseguir fechar as contas este ano?

Agora, entre tantas coisas, uma que não dá pra entender é contratar um locutor, por quase 8 mil, para o vídeo institucional “Prefeitura de Paulínia. 17 meses de ação".  O vozeirão contratado narra, entre outros “feitos” do governo Dixon (Progressistas), o pagamento de dívidas herdadas das gestões anteriores. Oxi!!! Se a Prefeitura não deve mais nada e dinheiro está entrando a rodo, por que esse aperto todo no meio do ano?  

Ainda segundo o vídeo, muitos projetos foram executados (QUAIS?); o novo hospital está totalmente concluído e em breve será equipado com o que há de mais moderno e entregue (QUANDO?); duas novas UBS serão entregues ainda este ano (ESTÃO SENDO CONSTRUÍDAS PELO GOVERNO ESTADUAL); a bolsa de estudo bateu recorde no ano passado (E AS DESSE ANO, CADÊ?); operação tapou mais de 20 mil buracos (E MUITAS RUAS CONTINUAM ESBURACADAS); mais de 3 mil empregos foram gerados (Eita pega!! ENTÃO, PAULÍNIA INTEIRA TÁ DESEMPREGADA);  a limpeza urbana ficou R$ 40 milhões mais barata (O LIXO CONTINUA POR TODA PARTE). Eita vídeo lorota caro da gota serena! Maaaaas, pelo menos, dessa vez quem pagou mico foi o locutor, não Dixon

E quem esteve no centro da cena política essa semana foi o vereador Manoel Filhos da Fruta (PCdoB). Com o fim do sigilo do processo no qual é acusado de captação ilícita de recursos financeiros, na campanha em 2016, o vereador encarou as câmeras e se defendeu das acusações que levaram à cassação de seu mandato, ainda em primeira instância.  O parlamentar ainda tem o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) , o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e, se necessário, até o STF (Supremo Tribunal Federal) para recorrer.

Em nota à imprensa, Filhos da Fruta disse ter estranhado o fim do segredo de justiça do processo, mas garantiu que provará sua inocência. “Podem ter certeza que essa vergonha e injustiça que eu e minha família estamos passando serão desfeitas com a verdade prevalecendo”, disse ele. Muita gente anda dizendo que o vereador já deixou a Câmara, mas isso não é verdade. Como todo cidadão, ele tem direito a recursos e, até o veredito final, tudo continua como  antes. 

Vou ficando por aqui. Um sábado e domingo abençoados para todos nós e que NOSSO SENHOR JESUS CRISTO continue nos guiando e protegendo (Amém!). Muuuuuuuuuuuitos beeeeeeeeeeeeijos e abraaaaaaaaaaaaaaaaços. Au revoir!

Fotos: Fabiano Moreira/Reprodução Facebook


Comentar