2017: Paulínia arrecada R$ 1,1 bilhão e fecha o ano devendo quase R$ 112 milhões

Da Redação
02/01/2018 20:01:37
2017: Paulínia arrecada R$ 1,1 bilhão e fecha o ano devendo quase R$ 112 milhões

Repasses estaduais em 2017 superaram 2016 em mais de R$ 63 milhões

Somente o governo estadual repassou R$ 803 milhões ao município no ano passado; o saldo negativo de 2017 deve onerar o orçamento financeiro de 2018

A Prefeitura de Paulínia fechou 2017 com uma arrecadação líquida de pouco mais de R$ 1,1 bilhão. Em números redondos, R$ 1.126.800.250,89 (um bilhão, cento e vinte seis milhões, oitocentos mil, duzentos e cinquenta reais e oitenta e nove centavos), segundo dados do Portal da Transparência Municipal, até o dia 19 de dezembro.  

Atualização (04/01/2018, 19h55): conforme novos valores inseridos pela Prefeitura no Portal da Transparência Municipal a arrecadação líquida de Paulínia, em 2017, passou para R$ R$ 1.127.661.089,24 (um bilhão, cento e vinte sete milhões, seiscentos e sessenta e um mil, oitenta e nove reais e vinte e quatro centavos).

De acordo com a Secretaria de Fazenda Estadual, somente as cotas do ICMS, IPVA, IPI e Compensação Financeira, repassadas à Paulínia no ano passado, renderam R$ 803.246.545,22 (oitocentos e três milhões, duzentos e quarenta e seis mil, quinhentos e quarenta e cinco reais e vinte e dois centavos) ao município -  R$ 63.288.129,57 (sessenta e três milhões, duzentos e oitenta e oito mil, cento e vinte e nove reais e cinquenta e sete centavos) a mais do total repassado pelo Governo do Estado em 2016. 

Mesmo assim, as contas do município fecharam no vermelho, com quase R$ 112 milhões em restos a pagar, segundo dados do Portal Transparência, até 22 de dezembro. De acordo com uma fonte ouvida pelo Correio, como os pagamentos da Prefeitura demoram até 30 dias para baixar, pode ser que uma pequena parte do valor em aberto de 2017 já tenha sido paga, mas ainda não baixada.  “Já o que efetivamente não foi pago no ano passado deve onerar o Orçamento financeiro municipal deste ano”, explicou.

Comentar