Preso agora a pouco pela Guarda Municipal, suspeito está sendo ouvido na Delegacia de Paulí­nia, neste momento

Da Redação
30/01/2013 00:00:00
Preso agora a pouco pela Guarda Municipal, suspeito está sendo ouvido na Delegacia de Paulí­nia, neste momento

A Guarda Municipal de Paulínia prendeu agora a pouco o homem suspeito de atirar na funcionária da Associação Infância e Juventude (AIJ) de Paulínia, por volta das 11h30min da manhã de hoje (30).  O Corrreio Paulinense Online apurou também que a vítima não corre risco de vida e encontra-se em observação no Hospital Municipal de Paulínia. Ela foi atingida apenas por um tiro, que pegou no ombro e atravessou a região mamária.

Entenda o caso

Segundo relatos, Cleusa descansava do almoço, dentro do seu carro estacionado nas proximidades do Núcleo da Associação, no bairro Santa Terezinha, quando o homem aproximou-se do veículo e atirou. A funcionária foi socorrida ao Hospital Municipal ainda lúcida, porém, bastante fraca. O suspeito não levou nenhum pertence da vítima.

Uma testemunha contou que o individuo desconhecido, embora estivesse já há algum tempo em um ponto de ônibus, nas proximidades do Núcleo, ele não pegou nenhum dos vários coletivos que passaram pelo local. Após atirar, o suspeito fugiu a pé, tomando rumo ignorado.

Mesmo baleada, a vítima conseguiu sair do carro e caminhar até o seu local de trabalho, onde foi socorrida pelos colegas.

Foto: Ilustração

Comentar