SE A “FOLHA” do “LAR DOS VELHINHOS” É A “VILÔ, REDUÇÃO DE CUSTOS É UMA FARSA; Dixon e Moura Junior: O QUE ELES TÊM EM COMUM?

Da Redação
22/08/2017 00:08:58
SE A “FOLHA” do “LAR DOS VELHINHOS” É A “VILÔ, REDUÇÃO DE CUSTOS É UMA FARSA; Dixon e Moura Junior: O QUE ELES TÊM EM COMUM?

Um fechou o Caco e AIJ, o outro programa fechar o Lar dos Velhinhos

Boooooooooooooooa noooooooooooite, meus amooooooooooooooooores!!! Na coluna de 10 de julho divulguei, com exclusividade, a intenção do governo Dixon (PP) de FECHAR (na prática, é isso que pode acontecer) o Centro de Geriatria e Gerontologia da City, o nosso eterno e amado “LAR DOS VELHINHOS”. Delicadíssimo e, até então, restrito à cúpula da administração pepista, o tema foi colocado na arena do debate público, afinal, trata-se de idosos – e com idosos, não se brinca. Antes dos “pormenores”, vamos ao PONTO CENTRAL da discussão: O FECHAMENTO DO LAR. 

Se antes, com as informações extraoficiais que me chegaram, eu não tinha dúvidas que o projeto é ACABAR com o Lar dos Velhinhos, depois da entrevista de ontem (20) com o Secretário de Saúde, Cláudio Ernani Marcondes de Miranda, lacrou. OS IDOSOS ACAMADOS VÃO PARA O HOPITAL, OS QUE MORAM NO LAR SERÃO TRANSFERIDOS PARA INSTITUIÇÕES PRIVADAS, E, OS QUE PASSAM APENAS O DIA NA INSTITUIÇÃO VÃO PARA O CENTRO DA MELHOR IDADE “TIA LÍDIA”. Ou seja, se todos os idosos serão retirados de lá, o LAR DOS VELHINHOS deixará de existir, óbvio. 

E, ao informar que o Centro de Especialidades Médicas, a Fisioterapia e o Cetreim, provavelmente, serão transferidos para o prédio do Centro de Geriatria, o secretário Miranda acabou com qualquer dúvida sobre a futura extinção do LAR DOS VELHINHOS, um verdadeiro patrimônio social da city, com no mínimo 30 anos de história, acolhendo com excelência e dignidade, em todas as suas fases, senhores e senhoras de cabelos brancos e rostos marcados pelo tempo - tempo esse, que passa para todo mundo, inclusive para os que querem, DE CERTA FORMA,  se livrar de quem tanto já contribuiu com a sociedade. Muito triste!

Lembram que, além da AIJ, o ex-prefeito Edson Moura Junior (PMDB) acabou com o Caco (Centro de Ação Comunitária), outro importante patrimônio da city e com histórico similar ao do Lar dos Velhinhos, ou seja, mais de 30 anos de serviços sociais prestados aos paulinenses (natos e adotivos) mais carentes? Pois é, ao planejar a extinção do Lar dos Velhinhos, Dixon (PP) faz o mesmo caminho do peemedebista, que acabou cassado e inelegível. A LEI DA COLHEITA É IMPLACÁVEL.

Assim como o ex-governo Moura Junior (PMDB) alegou para fechar o Caco e a AIJ, o atual governo pepista também alega que é preciso reduzir custos, ainda mais, um custo “TÃO ALTO E SEM SENTIDO”, segundo palavras do secretário de Saúde Cláudio Ernani Marcondes de Miranda. Cerca de UM MILHÃO E CEM MIL MENSAIS e VINTE MIL REAIS POR IDOSO, esse é o custo do Lar do Velhinhos, segundo Miranda. Na reunião do Conselho Municipal do Idoso (CMI), na manhã de hoje (21), o secretário de saúde explicou ao vereador Tiguila Paes (PPS) que a maior parte desse custo é com pessoal – médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticos, todos servidores públicos de carreira.

Stop. Se a folha de pagamento é a vilã dos custos do Centro de Geriatria para o município, então, a economia que o governo Dixon (PP) busca, acabando com a entidade, é uma farsa. Pensem comigo. Por serem servidores de carreira, todos os profissionais que atuam no Lar dos Velhinhos continuarão na folha de pagamento municipal, certo? Então, nesse caso, nenhum centavo será ECONOMIZADO. Segundo o secretário Miranda informou na reunião do CMI, as outras despesas do LAR são com alimentação dos idosos e manutenção da estrutura do prédio. Bem, como o prédio deve abrigar novos setores da Saúde, as despesas com manutenção não serão interrompidas. Aí, devemos concluir que, nesta história, a única economia seria com a comida dos idosos. Pois é, pois é!!!

A fila de espera. Outro argumento da administração pepista, para promover as mudanças que quer fazer no Lar dos Velhinhos, é poder atender os idosos que aguardam por uma vaga de longa permanência (moradia). Como bem disse, ao Correio, o secretário de Saúde, isso só será possível contratando instituições privadas para acolher os idosos que precisam de um lar, pois a prefeitura não tem dinheiro para construir uma segunda unidade do Lar dos Velhinhos, se fosse o caso.  Só para anotar, a interminável obra de reforma e ampliação do HMP, com custo inicial estimado em R$ 73 milhões, já consumiu, por baixo, mais de R$ 120 milhões, e deve consumir este ano outros R$ 10 milhões, ou seja, R$ 60 milhões a mais desde 2012, quando começou. Pois é, pois é!!!

Na visão do secretário de Saúde, a remoção dos idosos acamados para o HMP vai melhorar o atendimento médico. Será mesmo? Será que no hospital eles terão o mesmo tratamento exclusivo que, merecidamente, recebem no Centro de Geriatria? E a questão dos riscos de infecção hospitalar? E a remoção para o HMP, até a morte, está em consonância com o Estatuto do Idoso? Essas e tantas outras perguntas vão perdurar, até que tudo fique muito claro para a sociedade.

O presidente do Conselho Municipal de Idoso (CMI) de Paulínia, Jorcival Fernandes de Oliveira, mas conhecido como Fernandes do Marieta Dian, garantiu que NADA SERÁ FEITO EM DESACORDO COM O ESTATUTO DO IDOSO. Quando o projeto de mudanças estiver pronto será submetido à aprovação ou não do CMI. 

Falando em aprovação, o secretário de Saúde me disse ontem que o promotor André Perche Lucke, muito citado por ele nas declarações que tem feito sobre o assunto, gostou muito da proposta de mudanças para o Lar do Velhinhos.  É superpositivo o Ministério Público (MP) acompanhar todo o processo bem de perto para evitar que, no final das contas, os idosos não sejam prejudicados em nome de reduções e melhorias fajutas, assim como foram milhares de crianças, adolescentes, jovens, adultos e famílias carentes do município com o traumático e inesquecível fechamento do Caco e da AIJ.

Por hoje, é só. A semana está apenas começando e promete ser de altos baphos políticos. Misericórdia! QUE DEUS ABENÇOE E PROTEJA CADA UM DE NÓS. Muuuuuuuuitos beeeeeeeeeijos e abraaaaaaaaaaaços!!!! Au revoir!!!

Fotos: Reprodução/Internet

Comentar