Paulínia arrecadou quase R$ 540 milhões, em 147 dias do governo Dixon (PP)

Da Redação
27/06/2017 19:06:48
Paulínia arrecadou quase R$ 540 milhões, em 147 dias do governo Dixon (PP)

Uma das maiores arrecadações do país, Paulínia continua com problemas de município pobre

Foram R$ 3,6 milhões por dia, e quase R$ 5,6 milhões a mais do valor arrecadado no mesmo período do ano passado

Apesar da crise, a arrecadação de Paulínia continua sendo uma das mais privilegiadas do país, e ainda registrou uma “pequena” alta, nos primeiros 147 dias do governo Dixon Carvalho (PP). De 01 de janeiro a 27 de junho do ano passado entraram no cofre municipal R$ 534.320.555,34 (quinhentos e trinta e quatro milhões, trezentos e vinte mil, quinhentos e cinquenta e cinco reais e trinta e quatro centavos). Este ano, no mesmo período, a cidade arrecadou R$ 539.909.829,34 (quinhentos e trinta e nove milhões, novecentos e nove mil, oitocentos e vinte nove reais e trinta e quatro centavos) – R$ 5.589.274,00 (cinco milhões, quinhentos e oitenta e nove mil, duzentos e setenta e quatro reais) a mais e cerca de R$ 3,6 milhões por dia. 

No entanto, mesmo com o cofre recheado, a cidade continua convivendo com problemas que afetam direta e diariamente a população. Faltam remédios na rede pública, viaturas policiais, uniforme e material escolar, muitas escolas encontram-se sucateadas, ruas e avenidas esburacadas, há quase duas décadas não se constrói uma moradia popular com recursos próprios, entre outras deficiências. De acordo com o prefeito Dixon (PP), a crise instalada no país e a dívida herdada por seu governo têm impedido a cidade de avançar e solucionar, inclusive, os problemas mais básicos dos setores públicos.

Foto: Ilustração

Comentar