SAÚDE SE MANIFESTA SOBRE MORTE DE CAMILA COUTO; Família Buglioli ENCONTRA DIXON e cobra dele “POSTURA, GESTÃO E RESPONSABILIDADE”; PL C do...

Da Redação
17/05/2017 18:05:04
SAÚDE SE MANIFESTA SOBRE MORTE DE CAMILA COUTO; Família Buglioli ENCONTRA DIXON e cobra dele “POSTURA, GESTÃO E RESPONSABILIDADE”; PL C do Pauliprev SERÁ RETIRADO da Câmara!!!

"Ela tinha um futuro inteiro pela frente", diz tia de Camila Couto, falecida no último sábado (13)

Boaaaaaaaaaaaaaaa taaaaaaaaaaaaaaaarde, meus amoooooooooores!!! Até hoje, o governo Dixon (PP) não publicou nenhuma AUTORIZAÇÃO DE COMPRAS (AC) que assinou – E NÃO FORAM POUCAS, HEIN!!! Eles estão gastando a rodo, mas não querem saber de ficar divulgando, “em que e quanto”, no Portal da Transparência, como manda a Lei Complementar 231/2009. Além disso, parece que a Prefeitura não contratou nada no mês de abril, pois não tem bulhufas no “Transparência”. Pois é, e pensar que,  durante a campanha Dixon era a “transparência, em candidato” - #SQN. Bem,  questionei a administração pepista sobre o assunto, mas ninguém respondeu nadica, até agora. Pode isso, Chica?

A partida repentina de Camila Couto, 25 anos, deixou em frangalhos a queridíssima Família  Buglioli, comoveu a city, e repercutiu (continua)muito nas redes sociais.  Camila cursava Artes Visuais na PUC-Campinas e se formaria este ano. Do primeiro atendimento médico, na UBS Monte Alegre, ao último, no Hospital Municipal (HMP), foram cerca de 10 dias, segundo relatos da família. Ela faleceu no sábado (13). A amada Angela Buglioli, tia de Camila, assegura que a sobrinha foi vítima de atendimento negligente no HMP.  O velório da estudante, no domingo (14), foi marcado por muita emoção. Amigos e familiares prestaram às ultimas homenagens, antes do corpo ser sepultado no Cemitério do Centro.

No mesmo dia da Camila, Dixon (PP) foi acompanhar outro velório e deu de cara com a família da jovem. Revoltadas pelo descaso com que, segundo elas, a sobrinha foi tratada na saúde municipal, as tias da estudante abordaram o prefeito e despejaram tudo e mais um pouco, segundo apurei.  Além de relatar detalhes até a morte de Camila, as Buglioli, criticaram o corte de horas extras no HMP. “No sábado, não fizeram ultrassom na minha sobrinha porque o operador, que não recebe hora extra, não trabalha no fim de semana”,  afirmou Angela, em conversa com uma fonte desta coluna.

As Buglioli cobraram “POSTURA, GESTÃO E RESPONSABILIDADE “ de Dixon (PP). Segundo Angela, O PREFEITO AFIRMOU QUE CORTOU AS HORAS EXTRAS NO HOSPITAL POR DETERMINAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO (MP). Oiiiiiiiiiii? Éguaaaaaaaaa!!! E foi? Por que o MP mandaria Dixon cortar hora extra, principalmente  no hospital, o setor da saúde mais essencial à população? Não vejo sentido. É a primeira vez que fico sabendo de uma justificava dessa. Sempre justificaram (os prefeitos) o  corte de horas extras na Prefeitura como medida para diminuir os gastos públicos, nunca que seria uma recomendação, pedido, determinação, ou seja lá o que for, do MP. Aliás, o prefeito Dixon oficializou o corte, neste Decreto. E aí?

Na tarde de hoje, a Família Buglioli, segundo Angela, registrou  um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia Civil e, provavelmente, a suposta negligência deverá ser investigada. Por meio da assessoria de imprensa municipal, questionei a Secretaria de Saúde sobre o caso. Perguntei se o atual secretário da pasta, Cláudio Ernani Marcondes de Miranda, havia tomado  conhecimento do caso e, se conheceu, que providências ele pretende adotar para apurar eventuais responsabilidades. Leia abaixo a Nota que a Saúde me enviou, há pouco. 

"A Secretaria Municipal de Saúde de Paulínia esclarece que foram realizados todos os procedimentos médicos necessários durante o atendimento da paciente C.C., de 25 anos, e que não há qualquer indício de negligência no caso.  Porém, prezando sempre pela transparência e qualidade dos serviços prestados, foi determinada a imediata instauração de sindicância com o intuito de apurar e esclarecer todos os detalhes relativos ao atendimento prestado no HMP. Vale destacar que o resultado da autópsia não foi conclusivo e que o caso foi encaminhado ao Sistema de Verificação de Óbito (SVO). A Secretaria aguarda o laudo para elucidar a causa da morte. A Prefeitura Municipal de Paulínia lamenta o ocorrido e se solidariza com a dor da família".

Falando em Nota da Prefeitura, uma sugestão aos colegas da assessoria de imprensa do Paço: usem a o email imprensa@paulínia.sp.gov.br para disparar releases aos veículos, pois, pelo menos para mim, fica mais fácil  identificar as mensagens, já que do atual staff só conheço a amada Denise Sciammarella. É só uma dica.

Parece que estou ouvindo, neste momento, o que o então prefeito eleito Dixon (PP) disse dia 6 de outubro do ano passado, na primeira coletiva com a imprensa local, após a vitória nas urnas. Ele disse o seguinte: “Ninguém será perseguido porque apoiou o Pavan, Tuta ou qualquer outro candidato. Não vai existir isso. Todos serão respeitados, pois. nós queremos uma Prefeitura que preste um serviço de qualidade para todos” (LEIA SOBRE A COLETIVA). Éguaaaaaaa!!!! Isso tá gravado e o vídeo foi divulgado nas redes sociais. Pois bem: 7 (SETE) MESES DEPOIS DA DECLARAÇÃO, O QUE MAIS TEM É SERVIDOR SENDO PERSEGUIDO  (ALGUNS DE FORMA VERGONHOSA E INACEITÁVEL) E A PREFEITURA PRESTANDO, ATÉ O PRESENTE MOMENTO, UM DOS PIORES SERVIÇOS JÁ PRESTADOS À POPULAÇÃO”.  Pois é, pois é!!!

Mais recentemente, Dixon (PP) prometeu a reabertura do Parque Ecológico para os próximos dias. Oxi! Quando soube disso, fiquei pensando cá, com meus botões rosa choque: será que apenas um homem vai dá conta do recado? É, apurei que só tem um pedreiro trabalhando na parte da reforma do Parque, que exige esse tipo de serviço. Misericórdia! Tadinho do servidor! A Filadélfia já pintou no recinto para cortar mato e recolher lixo. Limpo, com certeza, vai estar. Já em condições de uso pela população, tenho lá minhas dúvidas. Mas, tomara que fique pronto mesmo e todos voltem a desfrutar desse que é um dos mais belos espaços de Paulínia City. 

Curioso. Teve a morte do macaquinho no Parque da Represa e a Secretaria de Saúde não emitiu um alerta, um esclarecimento à população sobre a relação do óbito do bichinho com a febre amarela. Se teve, como fica a imunização, principalmente dos moradores daquela região? É saúde Pública. É obrigação informar! Dá licença!!! O  Secretariado de Dixon (PP) tem que acordar pra vida e começar a interagir com a população. Não importa se moram aqui ou não. Trabalham aqui, recebem do povo daqui, e a esse povo devem respeito e satisfação. Dá licença!!! Exceto um, ou dois, um bando de engravatados, trancafiados nos gabinetes, só na pose de magnata (ah, thaaaaa!!!),  e mostrar serviço, que é bom, nada. Também com o comando que eles têm.... É daí, pra pior!!!

A informação que eu tenho é que  Dixon (PP) retira, ainda nesta semana, a proposta (PLC - Projeto de Lei Complementar  02/2017) de reestruturação administrativa e organização de pessoal do Instituto Pauliprev, que tramita na Câmara da City. A categoria pública municipal vem criticando duramente boa parte do texto do PLC, o qual, segundo algumas servidoras com quem conversei, está muito diferente daquele que Dixon (PP0  prometeu em campanha e, depois, em algumas reuniões com representantes da classe.  Nossa que governo atrapalhado, viu.  Pela mãe do guarda!!! Agora, mexer com os servidores públicos “não da onda” - dependendo, dá “tsunami”.  

Bem, por hoje, fico por aqui. Um final de tarde espetacular e uma noite abençoada PELO SALVADOR EDE NOSSAS ALMAS, O SENHOR JESUS CRISTO. Muuuuuuuuuuitos beeeeeeeeeeijos e abraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaços!!! Au revoir!


Foto: Facebook/Reprodução

Comentar