Tiguila (PPS) vota contra R$ 3 milhões da Habitação para a Câmara Municipal

Da Redação
19/03/2017 21:03:05
Tiguila (PPS) vota contra R$ 3 milhões da Habitação para a Câmara Municipal

O remanejamento de dinheiro da Habitação para a Câmara vem sendo muito criticada nas redes sociais

O aumento da verba do Legislativo, de R$ 27 milhões para R$ 30 milhões, foi solicitado pelo atual presidente Du Cazellato (PP)

A pedido do presidente da Câmara de Paulínia, Ednilson Cazellato, o Du Cazellato (PSDB), o prefeito Dixon Carvalho (PP) aumentou de R$ 27 milhões para R$ 30 milhões o Orçamento 2017 do Poder Legislativo Municipal.  O reforço de R$ 3 milhões no cofre legislativo saiu da dotação destinada à construção de casas populares e obras de infraestrutura, da Secretaria de Habitação.

Autor da Emenda ao Orçamento 2017, que aumentou de R$ 2 milhões para 17 milhões a verba para construção de casas e infraestrutura este ano, o vereador Tiguila Paes  (PPS) votou contra o remanejamento. “Não poderia concordar com essa proposta, pois, no meu entendimento, o dinheiro para completar o duodécimo da Câmara poderia ter saído de outro programa não tão prioritário, nunca da habitação”, disse o vereador.

O dinheiro da Habitação para a Câmara foi votado na sessão de terça-feira (14) e a Lei (3.538), regulamentando a transferência, sancionada e publicada pelo prefeito Dixon Carvalho (PP) no dia seguinte (15).

Foto: Reprodução/Portal de Paulínia
 

Comentar