Governo Dixon (PP) contempla APAE com subvenção de R$ 1,5 milhão

Da Redação
14/02/2017 21:02:22
Governo Dixon (PP) contempla APAE com subvenção de R$ 1,5 milhão

2014: alunos da APAE protestaram em frente ao Fórum contra o corte da subvenção municipal

Uma das mais sérias e respeitadas, a instituição foi objeto do 1º Projeto de Lei da nova administração de Paulínia

O primeiro projeto de lei (PL) do governo Dixon Carvalho (PP), protocolado nesta segunda-feira (13), na Câmara Municipal, contempla a APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Paulínia com uma subvenção de R$ 1.533.717,00 (um milhão, quinhentos e trinta e três mil, setecentos e dezessete reais). A votação do PL da APAE deve começar na próxima sessão legislativa, dia 02 de março.

Dificuldades
Sem fins lucrativos e uma das mais sérias e respeitadas instituições de assistência a portadores de deficiência mental ou múltipla, a APAE e outras importantes entidades de Paulínia, como Casa do Menor, AUPACC, Lar São Francisco de Assis,Paulínia Racing Bicicross, entre outras, tiveram suas finanças duramente atingidas em 2013, quando o então prefeito da cidade Edson Moura Junior (PMDB) cortou, parcial ou totalmente, as subvenções que elas recebiam da prefeitura.

O corte provocou também o fechamento do Caco (Centro de Ação Comunitária), com mais de 30 anos de serviços prestados aos mais carentes do município, e da AIJ (Associação para a Infância e Juventude), que atendia mais de duas mil crianças e adolescentes, com projetos socioeducativos. Em 2014, a APAE de Paulínia chegou a dispensar uma boa parte dos 120 alunos especiais, por falta de dinheiro.

Com a nova subvenção, a expectativa é que a APAE vire, definitivamente, a página mais negra de sua história, na cidade. Não conseguimos contato com a nova Presidência da instituição paulinense. 

Foto: Correio Imagem/Lucas Rodrigues 

Comentar