Sanzio desiste e PMDB fica sem candidato a Prefeito: partido quer coligar com PRB para “salvar” chapa de vereadores

Da Redação
06/08/2016 16:11:00
Sanzio desiste e PMDB fica sem candidato a Prefeito: partido quer coligar com PRB para “salvar” chapa de vereadores

CONVENÇÕES MUNICIPAIS Sanzio desiste e PMDB fica sem candidato a Prefeito: partido quer coligar com PRB para “salvar” chapa de vereadores

[imagem] Convenção Peemedebista, ontem (5), no Íbis Hotel, foi marcada por discussões e muita tensão entre os convencionais

Na noite de ontem (5), o PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) de Paulínia  viveu mais um triste capítulo de sua história, durante a Convenção Municipal, no Íbis Hotel. 

Na disputa pela vaga de candidato a prefeito do partido, nas eleições municipais deste ano,  estavam os pré-candidatos Sanzio Rodrigues, Arthur Freire, Cícero Brito e Adriano Moura, primo do ex-prefeito de Paulínia  e eterno cacique do PMDB local, Edson Moura. Entretanto, Sanzio Rodrigues, apontado como favorito, retirou sua pré-candidatura, segundo informações, em cima da hora, deixando o partido na mão. Sanzio nega a informação. “Comuniquei antes”, afirmou ele.

O ex-pré-candidato justificou sua saída da disputa. “O partido, na esperança e expectativa do Edson Moura, ficou todo desestruturado, sem chapa de vereadores, sem coligações, sem estrutura geral e aí queriam lançar um candidato de qualquer jeito. Por esses motivos retirei minha pré-candidatura”, afirmou ele. 

Com a desistência de seu principal nome, o PMDB Municipal terminou a Convenção sem candidato a Prefeito escolhido. “Com esta pendência para o majoritário, agora, temos que resolver a situação dos pré-candidatos a vereador do partido”, disse, ao Correio, o presidente peemedebista, Anízio Trindade. O PMDB tem até segunda-feira (8) para registrar a ata de sua Convenção, na Justiça Eleitoral da cidade.

Trindade não descartou totalmente a possibilidade de o partido ainda lançar candidato à Prefeitura, mas, por outro lado, adiantou ao Correio que o PMDB pode coligar com o PRB, para “salvar” a participação dos pré-candidatos peemedebistas à Câmara de Paulínia. A atual situação do partido revoltou peemedebistas e o clima da convenção foi muito tenso. 

David Rodrigues, assessor de Sandro Caprino, presidente da Câmara Municipal e pré-candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por Dixon Carvalho (PP), informou ao Correio que o PMDB, realmente, propôs coligação com o PRB, ontem à noite. “Após o que aconteceu lá no hotel Íbis com o pessoal do PMDB, o presidente (do PMDB, Anízio Trindade) acompanhado de outras pessoas estiveram aqui (na Câmara) no final da nossa Convenção (a do PRB, também na noite de ontem), inclusive, ligaram para o nosso presidente (Caprino), mas isso é uma coisa que não decidimos sozinho. Falamos que, naquele momento, não havia possibilidade de conversar, tratar sobre isso. Isso, é só sondagem por parte deles, pois da nossa parte não procuramos e nem temos essa intenção”, disse Rodrigues.

Desabafo
A total falência política do PMDB Municipal deixou revoltados ex-apoiadores daquele que, durante muito tempo, foi a estrela líder do partido na cidade, o ex-prefeito Edson Moura. 

Edgar de Moraes Silva, mourista de carteirinha, durante muitos anos, desabafou agora há pouco em sua página no Facebook.

“Boa tarde. É uma vergonha um partido como o PMDB, que elegeu 4 prefeitos, ficar de fora de uma eleição. Partido sem candidatos, tendo a primeira dama do país, cidadã do município, seu esposo como presidente e líder do PMDB nacional, ficar fora de uma eleição por incompetência de seu líder que abandonou seu grupo por 1 ano e 8 meses deixando acabar com sua história, por causa de ego e orgulho, uma pessoa falida financeiramente e politicamente, cassado, sem título, proibida de votar. E nem é morador do município, só que conseguiu acabar com o PMDB local. E entrando para história, como o primeiro grande partido a não ter um candidato a prefeito ou vice na história de Paulínia. Parabéns, conseguiram acabar com tudo, acorda Família PMDB e tira esses câncer que continua nos comendo há 30 anos. Chegou a hora de mudar tudo, não faço parte desse conceito partidário falido e ultrapassado que foi imposto por esse líder. É com muita tristeza que venho colocar em público minha dor e opinião”. 

PTB
O PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) também realizou sua Convenção ontem à noite, no Íbis Hotel. Na ocasião, o partido escolheu 29 pré-candidatos a vereador e declarou apoio aos pré-candidatos a prefeito Tuta Bosco (PPS) e vice-prefeito Palito (SD). Segundo informações, mais de 200 pessoas participaram do evento petebista.

Foto: Facebook

Comentar