“Já compramos material escolar para 17 mil alunos”, anuncia Pavan, mas a compra dos uniformes foi suspensa pelo Tribunal de Contas...

Da Redação
22/04/2016 16:24:00
“Já compramos material escolar para 17 mil alunos”, anuncia Pavan, mas a compra dos uniformes foi suspensa pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE)

[imagem] Segundo Licitações, o pregão dos uniformes só será retomado após “apreciação final da matéria” pelo TCE-SP 

Durante a entrega da Creche “Lídia George Vedovello”, a nona unidade escolar reformada em seu governo, o prefeito José Pavan Junior anunciou que a Prefeitura já comprou o material escolar dos 17 mil alunos da rede municipal. Por outro lado, a entrega dos uniformes escolares desse ano segue sem data para acontecer, já que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) suspendeu o processo de compra, por meio de pregão eletrônico, que deveria ter ocorrido no último dia 19. 


A suspensão foi comunicada pelo Departamento Executivo de Licitações de Paulínia, por meio de edital na página do município na internet, e também publicada no Diário Oficial de São Paulo (DOSP). “Até a apreciação final da matéria pelo Tribunal”, avisa o Edital de Suspensão – ou seja, até o TCE examinar eventuais irregularidades no processo de compra dos uniformes. Em função do feriado prolongado, nossa reportagem não conseguiu contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura, para levantar mais detalhes sobre o assunto.  

Balanço
O prefeito Pavan aproveitou a entrega da Creche “Lídia George Vedovello”, para fazer um pequeno balanço de seu atual governo, nas áreas de educação, saúde, segurança, e obras. “Em 14 meses de trabalho, já entregamos nove unidades escolares totalmente reformadas e ampliadas”, ressaltou, e anunciou: “Em maio, vamos entregar a EMEI “José Paulino Nogueira”. 

De acordo com ele, outras cinco unidades escolares serão reformadas ainda esse ano. Atualmente, a rede municipal de ensino conta com 58 unidades, entre creches, Emeis, e escolas dos ensinos fundamental, médio e profissionalizante. O prefeito destacou também que  664 estudantes se inscreveram no programa Bolsa Educação 2016, e que os pedidos do benefício estão sendo analisados pela Secretaria de Educação. “Já solicitei empenho à nossa equipe para que possamos entregar o quanto antes o benefício aos nossos estudantes”.

Na Saúde, Pavan anunciou ter solicitado à empresa responsável pela reforma e ampliação do Hospital Municipal de Paulínia (HMP) mais “agilidade e empenho” na conclusão das obras. Em fevereiro passado, a Prefeitura voltou à confirmar a entrega do novo HMP para maio agora.  Depois de pronto, o HMP terá o dobro de leitos, maternidade e UTI Neonatal. 

Na área de Segurança, o prefeito ressaltou que todos os índices melhoraram nos últimos 14 meses, graças ao projeto que integrou Polícia Civil, Polícia Militar e Guarda Municipal. “Outra boa notícia é que a Corporação da Guarda Municipal ganhará uma nova sede em até três meses”, acrescentou ele. 

Pavan encerrou o balanço, falando sobre os prédios públicos.  “A equipe da Secretaria de Obras não tem medido esforços para atender a grande demanda de manutenção, conservação e reparos nos prédios públicos. Temos priorizado a reforma de prédios escolares, a construção de duas UPAS, o término das obras do Hospital Municipal, e a reforma da nova Sede da Guarda Municipal, além de manutenção em diversos prédios públicos. Estamos finalizando o asfalto completo, com galeria de águas fluviais, guias e sarjetas, no Bairro Bom Jardim".

Foto: Arquivo/Correio Imagem
 
 
 

Comentar