GERSON DE SOUZA: se não fosse irmão de quem é, estaria na roça; TERMINOU AS FILIAÇÕES PARA QUEM VAI...

Da Redação
04/04/2016 15:43:00
GERSON DE SOUZA: se não fosse irmão de quem é, estaria na roça; TERMINOU AS FILIAÇÕES PARA QUEM VAI DISPUTAR: teve gente querendo comprar até o “Leque de Chica"; VAI DÁ "PA"!

[imagem] Boaaaaaaaaa taaaaaaaaaaaarde, meus amoooooooooores! A fase de filiações já passou, para alívio dos grupos políticos que disputarão as 15 cadeiras da Câmara e o Gabinete do Paço Municipal, nas eleições de 2 de outubro. Do dia 18 de fevereiro, quando foi aberta a “janela” para vereadores trocarem de legenda, sem prejuízo dos mandatos, até sábado, dia 02, último dia do “troca-troca” e novas filiações, foram momentos de muita tensão e disputa acirradíssima, entre os presidentes de partidos – cada um, querendo montar a melhor chapa de vereadores, com os melhores de votos, com ou sem mandato. Foi um tal “de furar o olho do outro” tão da “muléstia”, que neguinho ficou o com os “zóios” de “peixe morto” feito peneira (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). 


Ainda é muito cedo para saber quem levou a melhor, mas uma coisa é certa: o poder de persuasão não foi a única arma usada na disputa por candidatos. Segundo a “rádio peão”, teve presidente oferecendo R$ 60 mil no ato (da filiação) mais R$ 5 mil mensais, até a eleição, para candidata; candidato querendo vender seu passe por R$ 300 mil; tubarão político querendo “comprar” candidatos no “fiado”; e até denúncia na delegacia, de gente com mala de dinheiro, querendo comprar até a “Cega Maria”, o “Cavalo de João Dantas”, o “Leque francês de Chica”, e a “Mãe do Guarda” (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). Misericórdia!

Todo ano eleitoral é a mesma coisa: a corrida por candidatos provoca desavenças, passageiras ou duradouras, entre presidentes de partidos do mesmo grupo político, pois não existe essa de poupar os candidatos dos “amigos”, não. É ruim, hein! Cada um que segure os seus, caso contrário, fica sem nenhum. Mas também tem candidatos que decidem trocar de partido, dentro do próprio grupo, por livre e espontânea vontade. É o caso do amadooooooo Gerson de Souza, que foi desse jeitinho para o PV de Jorge Israel, deixando Hércules Duarte, presidente do PRTB, seu antigo partido, soltando fogo pelas ventas.  “Não é pelos votos do Gerson, mas sim pela consideração de eu ter colocado ele no diretório, e ele ter feito isso comigo (deixado o partido)”, desabafou Hércules, com um colega de grupo. Eita peste! 

Se não fosse Gerson irmão de quem é, ele estaria na roça, pois o Presidente do PRTB Municipal “não brinca em serviço”, quando é contrariado, seja por quem for. Só que, no caso de Gerson, ele sabe que o “buraco é bem mais embaixo”, portanto, tem que ficar pianinho na “bagaça”. Também, gente, vamos entender, pois perder um candidato com potencial mínimo de 400 votos faz qualquer cristão estrangular o pintado que pegou no Mato Grosso ou a piaba no Rio Atibaia (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). 

Do outro lado, o queridíssimo Jorge Israel, presidente do PV, está sorrindo feito jumento quando ver água no sertão do nosso amaaaaaaaaaaaaado nordeste, após anos de seca (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). Além de fisgar Gerson de Souza, o mais novo “presidente pavanista” fisgou dois vereadores (Zé Coco e Doutor João Mota), a empresária Angela Calegari, apontada como fortíssima na disputa pela Câmara, e outros 20 pré-candidatos (homens e mulheres) para o PV. “Não foi fácil, mas o partido está redondinho”, me disse Jorginho. Éééééé! Mas, o presidente verde precisa tomar muito cuidado com o “fogo amigo”, pois, segundo apurei, ele já tá causando muita ciumeira. Nada que dez “limpezas com pipoca” por semana, não resolva (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas).

Todo mundo filiado,  começa uma outra fase tão importante (ou mais) quanto a das filiações. O grande desafio de todos os Presidentes de Partidos, agora, é permanecerem presidindo suas respectivas legendas, para, consequentemente, mantê-las em seus respectivos grupos políticos, até as convenções partidárias, que começam dia 20 de julho e vão até 05 de agosto.  Agora, é duelo de Titãs. Os “tubarões” responsáveis pelas articulações e fortalecimento de todos os grupos, já estão prontos para as rasteiras.

O partido que hoje está com fulano, amanhã pode estar com cicrano, e por aí vai. Por exemplo: em 2012, o DEM estava na base partidária mourista, mas depois do prazo de filiações a legenda voltou para a base partidária pavanista, e os pré-candidatos mouristas ficaram chupando todos os dedos das mãos. Não é fácil, por isso, todo cuidado é pouco.

Falando nisso, o DEM, hoje na base partidária do prefeiturável Tuta Bosco (PPS), fisgou o vereador Marquinho da Bola, que deixou o PSB, e, consequentemente, a base pavanista na Câmara. Em termos de grupo, Da Bola se juntou ao colega Tiguila Paes, que migrou do PRTB para o PPS – lembrando que outros seis vereadores também trocaram de partido, de 18 de fevereiro até sábado agora, dia 2. Uma fonte ligada ao prefeiturável Tuta Bosco me disse que o grupo dele  teria fechado a fase de filiações com aproximadamente 100 pré-candidatos à Câmara. Sobre o candidato a Vice de Tuta, a gaivota me contou que ainda é cedo para apontar um nome.

Já o Vice de Dixon Carvalho, pré-candidato à Prefeitura pelo PP (Partido Progressista), na opinião de muita gente, poderá ser o queridíssimo Luciano Ramalho, embora ele tenha aparecido mais como pré-candidato à Câmara. Do lado do espirituoso Pavan (PSB), desconfio (para não dizer que tenho quase certeza) que o nome para Vice já está mais do que definido -  e, com “cheiro de flor”, vai bombar, caso se confirme (adooooooooooooooooro...gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). Para mim, vai dá “PA”. O que significa “PA”? Por Enquanto, Não lhes interessa (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas).

Amaaaaaaaaaaaaados e amaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas, uma semana MARAVILHOOOOOOSA, DE MUITAS VITÓRIAS, FELICIDADES E, CLARO, PROTEGIDA POR DEUS. Beeeeeeijos e abraaaaaaaaços mil. Au revoir!

Foto: Reprodução/Facebook

Comentar