PEGOU MUITO MAL SECRETÁRIO CHAMAR VEREADOR RECÉM-CHEGADO NA BASE DE “OPORTUNISTA, POLITIQUEIRO BARATO, E...

Da Redação
29/03/2016 14:58:00
PEGOU MUITO MAL SECRETÁRIO CHAMAR VEREADOR RECÉM-CHEGADO NA BASE DE “OPORTUNISTA, POLITIQUEIRO BARATO, E IRRESPONSÁVEL”, segundo o novo jornal “Pavan Roxo”; PARABÉNS, LUCILA PAVAN; Reta final!

[imagem] Boaaaaaaaaaaaaaaa taaaaaaaaaaarde meus amooooooooooores!!! A aniversariante do dia é a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade da city, a belíssima Lucila Pavan. Doce e firme, na medida certa, Lu tem desempenhado um trabalho social importante, contribuindo e muito com a gestão do espirituoso, o marido. Amada por muitos, detestada por poucos, ela é uma mulher que não manda recados, defende a família com unhas e dentes e sabe diferenciar os amigos de verdade dos oportunistas. Em vez de verbalizar, muitas vezes prefere usar o olhar para dá um “presta atenção” – e, quase sempre, funciona.

“Lu, a nossa amizade não nasceu de governo, nunca foi condicionada a governo, pois nos tornamos amigos (1994) quando vocês não eram governo, permaneceu quando se tornaram governo (2009/2013), se fortaleceu mais ainda quando ficaram fora do governo (julho de 2013 a fevereiro de 2015), e continua, hoje, que estão no governo. Portanto, os meus parabéns não é para a ‘primeira e presidente’, funções efêmeras, mas para a minha amiga Lucila, mulher que gosto e admiro. Que NOSSO SENHOR JESUS CRISTO lhe conceda, antes de tudo, muita saúúúúúúúde.  Felicidades neste, e em todos os dias de sua vida. Beijoooooos!!!”


Reta final para quem vai disputar as eleições de outubro. Sábado, 02 de abril, é o último dia de filiações e a corrida por pré-candidatos à Câmara está pegando fogo. É um tal de tirar pré-candidatos desse ou daquele partido, adversário ou aliado. O desafio dos presidentes partidários é pegar os mais fortes, bons de votos, para garantir cadeiras na próxima legislatura (2017/2020). Tem passe que vale “10”, outros valem “80”, e tem os acima de “100”, considerados as estrelas da disputa pelos melhores. Entretanto, todo cuidado é pouco, pois, hoje, todo mundo “vale ouro” para qualquer partido, maaaas rapidinho, depois do dia 2, cada um vai descobrindo o seu verdadeiro lugar na tabela do jogo. E não é?

Para convencer os bons de votos, tem presidente de partido jurando que vai fazer três, quatro vereadores, numa tacada só. Porém, esse “truque” encorajador, que no passado funcionava que era uma beleza, hoje, parece não ser mais tão eficiente, assim. Até os candidatos de primeira viagem estão ligadíssimos nesse “conto do vigário”, tanto que estão fugindo de determinados partidos e fechando com outros, nos quais, na concepção deles, têm mais chances de chegarem lá. Certíssimos. Os veteranos, então, nem se fala. Por exemplo, o queridíssimo Gerson de Souza, que em 2012 teve 436 votos pelo partido do presidente Hércules Duarte, o PRTB, está de malas prontas para o PV de Jorge Israel, onde considera que as suas chances serão maiores. Tá certo!

Falando em Hércules Duarte, como um secretário de governo pode ser tão inconsequente (politicamente falando) a ponto de chamar de “oportunista, politiqueiro barato, e irresponsável” um vereador que acaba de chegar na base governista? Que “boas-vindas” da “muléstia” é essa, gente? Pois é, segundo a edição de sábado (26) do Tribuna, o jornal de Wilson Machado que virou “Pavan roxo” da noite para o dia, foi assim que Duarte classificou Doutor João Mota (PV) e Tiguila Paes (PPS), por conta do PL 60/2015, que obrigaria empresas contratarem 50% (no mínimo) de mão de obra paulinense. Em relação ao Tiguila, era o esperado, pois todo mundo sabe que Hércules está “na bota” do vereador faaaaaaaaz teeeeeempo. Agora, receber dessa forma grosseira  o novo reforço da base governista na Câmara, é de uma estupidez política sem tamanho.  

Vários passarinhos me contaram que a entrevista exclusiva de Hércules ao semanário de Seu Machadinho vem sendo muito criticada dentro do governo – não poderia ser diferente. O papel de um Secretário Municipal passa longe de ficar julgando, por meio da imprensa, o trabalho de qualquer vereador, ainda mais de um vereador aliado. Além disso, a desastrosa entrevista de Hércules levantou uma questão importante: como Secretário, ele pode criticar o trabalho de um vereador, mas vereador não pode criticar o trabalho dele à frente da Indústria e Comércio, sob pena de ele (Hércules) querer tomar o mandato do edil que ousar criticá-lo. Poderooooooooso, esse Secretário, hein? Vão vendo.

Pegou muito mal, pois, além de (agora) aliado político do espirituoso Pavan (PSB), o Doutor João Mota é uma pessoa séria, um vereador respeitado entre os colegas, um advogado com quase 30 anos de carreira, e, portanto, merecia ser recebido por todos os membros do governo com respeito e consideração. 

Embora ainda não tenha anunciado seu novo partido, o vereador Marquinho da Bola está caminhando para o PC do B, atualmente, na base partidária do prefeiturável Tuta Bosco. Se a filiação de Da Bola na ex-legenda de Danilo Barros (PR) se confirmar, até sexta-feira (2), será a segunda “baixa” na base pavanista, na Câmara. Vamos aguardar!

Dixon Carvalho oficializou a sua ida para o PP (Partido Progressista), após esgotar todas as tentativas de ficar no PSDB de André “Espinha”.  Na noite de ontem (28), em um buffet no Jardim Planalto, o prefeiturável discutiu com partidários e pré-candidatos à Câmara os próximos passos rumo à disputa pela Prefeitura. Enquanto isso, continuam as especulações sobre a situação do PSDB Municipal. Há quem diga que o risco de o partido sofrer uma intervenção é real, pois o poderoso Carlão Sampaio não estaria conseguindo digerir a derrota na luta de braço com os Macris, pelos rumos da legenda tucana, na city. Por outro lado, os novos rumores apontam (agora) a possível ida do prefeito Pavan (PSB) para o PSDB. Eita gota! Pois é, muitas emoções ainda estão por vir – e põe emoções nisso.

Mudando de assunto. Agora virou moda “Notas” ao Correio Paulinense e a este jornalista, quando “desagradamos” com matérias opinativas ou informativas. Desagradou, lá vem “nota”. Evidentemente, não escrevemos ou opinamos sobre qualquer político esperando que, a cada elogio, ele nos envie uma “nota de agradecimento”, pois desempenhamos a nossa função de opinar e informar, independentemente disso ou de qualquer outra coisa.

Agora, diante da última “Nota” que recebemos, cujo autor enaltecemos (politicamente falando) mais de 160 vezes, concluímos o seguinte: se recebêssemos “Notas de Agradecimentos” todas as vezes que “agradamos” espontaneamente “A ou B” seríamos o veículo de comunicação “MAIS BEM NOTIFICADO” da imprensa local. Que venham as “notas”, mas continuaremos enaltecendo ou criticando, sempre que necessário e oportuno. Ah, dá licença, que tenho mais o que fazer!

Gente amada, amadíssima, por é hoje é só. Uma semana ILUMINADA, ABENÇOADA, E PROTEGIDA POR NOSSO PAI CELESTIAL. Muitos beijos e abraços. Au revoir!

Foto: PMP

Comentar