A partir do dia 19, universitário sem a carteirinha não terá acesso ao transporte gratuito oferecido pela Prefeitura: Setransp...

Da Redação
01/03/2016 17:22:00
A partir do dia 19, universitário sem a carteirinha não terá acesso ao transporte gratuito oferecido pela Prefeitura: Setransp aumentou de 60 para 100, a quantidade de senhas para renovação e solicitação

[imagem] De acordo com a Secretaria de Transportes (Setransp) de Paulínia, até hoje apenas 1.800 alunos universitários, usuários do transporte gratuito oferecido pela prefeitura da cidade, procuraram renovar ou solicitar a carteirinha que dá acesso aos veículos disponibilizados. O prazo foi aberto dia 18 de janeiro e termina dia 18 desse mês. “A partir do dia 19 de março, aluno sem carteirinha, não terá acesso aos ônibus do transporte universitário”, informou a assessoria de imprensa municipal. 


Quando as inscrições foram abertas, a Setransp disponibilizava 60 senhas, por dia, para renovação ou solicitação da carteirinha, incluindo o atendimento preferencial (Pessoas com Deficiência). Hoje, segundo a assessoria, são distribuídas senhas, todos os dias, sendo 40 para novas carteirinhas e 60 para renovação de cadastro. A Prefeitura ressalta que o transporte universitário gratuito é exclusivo para moradores de Paulínia.

Informações e esclarecimentos de dúvidas pessoalmente na Sede da Secretaria de Transportes, no Paço Municipal, à Avenida Prefeito José Lozano Araújo, nº 1.551, Parque Brasil 500 ou pelos telefones (19) 3939-7012 ou 7013, das 8 às 17 horas.  
 
RENOVAÇÃO
Para renovação da carteirinha, o aluno deverá apresentar na Secretaria de Transportes, Carteirinha de 2015, RG, comprovante de endereço atual, comprovante de matrícula ou boleto da faculdade 2016 (todos originais). 
 
NOVOS ALUNOS
No caso de novos alunos, os interessados deverão acessar AQUI o formulário de requerimento, ou retirá-lo pessoalmente na Setransp, preencher e apresentar com todos os documentos solicitados, a partir das 9 horas, na Sede da Secretaria de Transportes.

Foto: PMP/Divulgação

Comentar