SE PAVAN NÃO FOR CANDIDATO, TEM PELO MENOS CINCO VEREADORES DA BASE DE OLHO NA INDICAÇÃO: será que o espirituoso...

Da Redação
08/01/2016 15:39:00
SE PAVAN NÃO FOR CANDIDATO, TEM PELO MENOS CINCO VEREADORES DA BASE DE OLHO NA INDICAÇÃO: será que o espirituoso apontaria um deles? VANDA “DE VOLTA PRA CASA”; Câmara continua um caos, SEM ÁGUA E AR!

[imagem] Boaaaaaaaaaaaaaaaaa taaaaaaaarde, amados e amaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas! Nossa queridíssima Vanda Camargo voltou para casa terça-feira (5), graaaaaaaaaaaaaaaças a Deus. Agora, é só Belo e Vinicius encherem ela de muito carinho, que o Nosso Pai Celestial continuará à frente, conduzindo tuuuuuudo. Amém! Logo ela voltará ao seu gabinete no Paço Municipal. Já o primeiro-casal Junior e Lucila Pavan deve retornar do merecido descanso, após um 2015 “chapa quente”, na segunda-feira (11), para o novo ano que promete ser mais “baphônico” ainda, por conta das eleições.


Falando no prefeito, caso não dispute mesmo um novo mandato, QUEM O ESPIRITUOSO VAI INDICAR, HEIN? Essa é uma das perguntas políticas mais frequentes aqui, na coluna, e nas mesas redondas city à fora. Muita calma, nessa hora! Embora o tempo de campanha tenha encurtado (serão apenas 45 dias, de 16 de agosto a 29 de setembro), muito provavelmente só saberemos se o atual prefeito disputará ou indicará um sucessor lááááááá pelo dia 5 agosto, quando termina o prazo para os partidos escolherem seus candidatos a prefeito, vice e vereador, por meio de convenções.

Particularmente, acho que “esconder o nome” (repito: caso não seja ele mesmo o candidato) atéééééé lá poderá favorecer os adversários que já se colocaram na disputa. Por quê? Com a pré-campanha (sem pedido explícito de voto) liberada pela Justiça Eleitoral, os pré-candidatos declarados terão muito mais tempo de trabalho junto ao eleitor, do que um concorrente anunciado dias antes do início da campanha oficial. Sobretudo, se o nome não for AQUEEEEEEEEEELA COISA” vai exigir muito trabalho junto ao eleitor, que, por sua vez, parece determinado a mudar. Quarenta e cinco, cinquenta dias antes, talvez, seja muito pouco tempo para atingir o objetivo. 

Por outro lado, se não for candidato mesmo, o espirituoso até pode, mas não deve tirar o nome da cartola muito cedo mesmo, para não acabar rachando sua base política, principalmente na Câmara, caso o (a) indicado (a) saía de lá. Já imaginaram o tamanho dos beiços que Yatecola (PT do B), Edilsinho Rodrigues (PPS), Valadão (PROS), Fiorella (PP) e até o “new pavanista” (ahhhhh tá!) Sandro Caprino (PRB) farão, caso o espirituoso não aponte nenhum deles? Misericórdia!  A cobra fuma e a biba pira” (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). 

Também acho que, independentemente do tempo e do nome, baixas na base pavanista serão inevitáveis, pois as “cobras engolidoras de outras” estão sempre preparadas para o bote -  e como estão!!! A disputa interna em qualquer grupo político é sempre muito acirrada. Todos se abraçam, se beijam, estapeiam com “carinho” as costas um do outro, mas as “cascas de banana” estão sempre guardadas na bolsa. Vacilou, não olhou para baixo, tombou. Vejo e escuto cada coisa que vocês nem imaginam.

Porém, sou capaz de apostar que, caso seja necessário mesmo o atual governo municipal indicar um candidato à Prefeitura, o modelo do processo de escolha não será nem de longe parecido com aquele utilizado pelo “ex-todo-poderoso”, que fazia dez, onze, às vezes até mais, aliados de verdadeiros palhaços políticos. Ele mandava os caras correrem atrás do eleitorado, depois reunia todos no palco, elogiava e abraçava um por um, chorava, fazia a maior e mais patética cena, antes da punhalada. Era um verdadeiro show de horror! Misericórdia! Ainda bem que esse tempo olhou para Paulínia City e gritou: FUUUUUUUUUUUUUUUUUUI! 

Mudando de assunto, a Câmara continua um caos, sem água nas torneiras e refrigeração desligada. Segundo apurei, os gabinetes estão fechados e só reabrem ao público na próxima terça-feira (12) -  isso se reabrirem mesmo, pois na semana passada a promessa era para terça desta semana, e não foi. Apurei também que, mesmo assim, tem gente trabalhando em um ou outro gabinete, um ou outro departamento administrativo da Casa. UM ABSURDO PERMITIR OU EXIGIR QUE PESSOAS TRABALHEM NESSAS CONDIÇÕES. Isso não existe. É desumano e desrespeitoso com assessores e servidores de carreira. Dá licença! Se fosse comigo, mandava vereador, presidente, seja quem fosse, para os quintos dos infernos. Ah, se mandava! O tempo de “Isaura” já passouuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!!!

Às 10hs da manhã deste domingo (10) toma posse o novo Conselho Tutelar, eleito dia 04 de outubro do ano passado, para o mandato 2016/2020. Quase 9 mil eleitores, segundo dados do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), responsável pela eleição, foram às urnas instaladas na Escola “Marcelino Pietrobom”, no Jardim Ouro Negro. A solenidade será na Sala de Imprensa da Prefeitura – Auditório “Carlos Tontoli”, com os holofotes voltados para os cinco titulares: Karol Valadão, Renata Ventura, Márcia Thomaz, Fábio Correa, e Noeli Souza. A eleição para o Conselho, além de bastante disputada, foi marcada por alguns eventos, como a denúncia de compra de votos, que acabou impugnando uma candidata muito bem votada.

Para tomar posse no Conselho, a minha amaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaada Karoline Valadão Nasário já pediu exoneração da Diretoria do Procon Municipal. “Kaká”, como a chamo desde os seus quatro, cinco aninhos, foi Conselheira de 2011 a 2014 e agora retorna à entidade como a bem mais votada, com 1.356 dos 7.882 votos válidos. O Conselho Tutelar é um importantíssimo órgão autônomo em defesa dos direitos da criança e do adolescente e que combate, em conjunto com a polícia, todos os tipos de violência contra menores. Desejo muita sorte aos novos conselheiros e que o mandato seja de pouquíssimas ocorrências.

O segundo fim de semana do ano chegou, meus amoooooores! Então, vamos curti-lo plenamente, sob as BENÇÃOS, MISERICÓRDIA E PROTEÇÃO DE DEUS. Muuuuuuitos beeeeeeijos e abraços. Au revoir!


Comentar