Câmara aprova pela manhã, Pavan (PSB) sanciona à tarde: Renda Alimentação e Abono de Natal serão pagos entre...

Da Redação
03/12/2015 12:29:00
Câmara aprova pela manhã, Pavan (PSB) sanciona à tarde: Renda Alimentação e Abono de Natal serão pagos entre os dias 18 e 20 deste mês

[imagem] A expectativa é que os novos benefícios municipais turbinem as vendas de fim de ano, em Paulínia

Aprovados na manhã de ontem (02) pela Câmara Municipal de Paulínia, os programas “Renda Alimentação” e “Abono de Natal” foram sancionados, à tarde, pelo prefeito José Pavan Junior (PSB) e, segundo a assessoria de imprensa municipal, serão pagos na segunda quinzena deste mês, entre os dias 18 e 20.

A expectativa é que os R$ 2,3 milhões destinados pela Prefeitura para os novos benefícios concedidos, respectivamente, às famílias assistidas pelo PAS (Programa de Ação Social) e aos servidores públicos de Paulínia, aqueçam as vendas de fim de ano do comércio local.


O “Renda Alimentação”de R$ 220,00 por mês e que, segundo a Secretaria de Desenvolvimento e Promoção Social (Seprodes), deve beneficiar mais de 4.700 famílias carentes do município, substitui a cesta de alimentos e variedades da Prefeitura, suspensa judicialmente desde abril último. Serão contempladas famílias em situação de insegurança alimentar, deficiência nutricional, desemprego, ou cujo membro responsável pelo sustento da casa tenha morrido.
 
Já o Abono de Natal foi a saída encontrada pela administração “Trabalho que se pode ver”, para garantir a cesta natalina dos 5.701 servidores ativos, inativos e pensionistas da Prefeitura de Paulínia, em função de problemas no pregão para compra do benefício. Cada servidor municipal receberá R$ 400,00, todo mês de dezembro, livres de descontos, para comprar a sua cesta de natal. Entretanto, a lei que instituiu a cesta de Natal dos funcionários públicos não foi revogada pela Câmara. 

De acordo com o prefeito Pavan (PSB), os dois benefícios serão reajustados anualmente. “Como prefeito, tenho que olhar para todas as pessoas do município, mas principalmente para aquelas que mais precisam, para as mais humildes”, salientou ele, durante a assinatura das leis dos dois novos programas, acompanhada por vereadores e lideranças sociais do município.

Foto: PMP/Divulgação

Comentar