NO LUGAR DE CESAR ENTROU SIMONE? Até onde vai a candidatura de Lacerda? ANGELA NÃO ESTÁ INDO PARA O PSB; Siméia quer...

Da Redação
20/10/2015 13:55:00
NO LUGAR DE CESAR ENTROU SIMONE? Até onde vai a candidatura de Lacerda? ANGELA NÃO ESTÁ INDO PARA O PSB; Siméia quer voltar em 2016; De olho nos CARAS DE PAU!

[imagem] Boaaaaaaaaaaaa taaaaaaaaaarde meus amoooooores. Segundo apurei, o vice de Anízio Trindade no PMDB local seria Cesar Pietrobom, mas alguém mandou colocar a ex-vice-prefeita Simone Moura (gargalhaaaaaaaaaaadas) e o tio de Moura Junior dançou. Outro que parece ter dançado, também, foi o ex-secretário de Segurança Pública, Cicero Brito. Dizem que ele também deveria integrar a diretório peemedebista, mas (se for verdade) acabou ficando de fora também. Aliás, Brito é um dos poucos mouristas que ainda não se juntaram a Mário Lacerda, no PRP. De Edgar Silva a Arthur Freire, da Pastora Sara a Cezinha, todos já abraçaram o prefeiturável ex-presidente do Pauli Prev. 


Falando em Lacerda, até que ponto pode chegar a candidatura dele para prefeito? Gosto e respeito muito a pessoa do marido da amadíssima Rosa, mas, politicamente falando, ele vem da pior administração que Paulínia já teve, cujo prefeito entrou para a história como o 1º CHEFE DO EXECUTIVO MUNICIPAL CASSADO, DEFINITIVAMENTE, PELA JUSTIÇA ELEITORAL. Nos quase 17 meses do governo passado, foram inúmeras denúncias de tudo quanto é de errado e várias cassações provisórias, até ele deixar a Prefeitura, em definitivo, dia 04 de fevereiro deste ano. 

Como um dos mais altos cargos de confiança da antiga administração, Lacerda e tantos outros que estiveram na mesma posição dele, tiveram suas imagens públicas comprometidíssimas também. Sinceramente, hoje, a condição de mourista ou ex-mourista conta pontos negativos, politicamente falando, diante da opinião pública.  Além dos quiproquós envolvendo os “ex-prefeitos” da city (pai e filho), as confusões internas no “Grupo 15” provocaram muitas baixas, durante e depois da administração cassada. Mas, o Mário é determinado e não se lançou prefeiturável à toa – tem um propósito, o qual, por enquanto, apenas ele sabe. 

Falando e ir, andaram falando que a minha amaaaaaaaaaaaaaaaaaaada Angela Duarte estaria de mudança do PRTB para o PSB, mas a única voz feminina na Câmara desmentiu os boatos. “Estou trocando de partido, sem saber?”, disse ela, brincando com os rumores. Falando em troca de partido, o terceiro vereador que, segundo André “Espinha” Zanovelo, estaria indo para o PSDB, pelo visto, ainda não foi.

Uma gaivota me contou que a queridíssima ex-vereadora Simeia Zanon (PROS) está tentando reverter a sua inelegibilidade eleitoral e, caso consiga, disputará mais um mandato na Câmara, ano que vem. Já o vereador e líder de governo Fábio Valadão continua na Presidência do PROS, embora já tenha ido, extraoficialmente, para o PSDB. Conversamos há pouco e ele me disse que a sua saída oficial do PROS, por divergir do novo posicionamento político do partido na city, acontecerá logo, logo. “Meu grupo já migrou para o PSDB. Já a minha saída oficial do PROS acontecerá nos próximos dias, de forma honrosa”, acrescentou.

Uma gaivota me contou que o Solidariedade de Palito e Mauro Torres JR., quer o amado Junior Vedovello, do Supermercado Junior, candidato a vereador na próxima. Será o que o filho do ex-prefeito Dude Vedovello vai encarar? Nome e respeito na city ele tem de sobra, para disputar qualquer cargo eletivo. 

Logo mais, às 16h30 de hoje (20), o espirituoso Pavan (PSB) participará da entrega de 10 novos ônibus, totalmente adaptados, para o transporte público municipal.  A cerimônia será em frente à Prefeitura.

Engraçado, o cara passa anos sem mover uma palha pela city, depois decide disputar pra vereador e começa limpar praça, bancar churrasco pra todo mundo, dá uma bola ali, outra acolá, e quando alguém lhe pergunta o porquê de fazer tudo isso, somente agora, fica todo nervosinho e ainda tem a pachorra de dizer que “POR AMOR À PAULÍNIA”. Cara de pau. Ah, dá licença! Temos que ficar de olhos arregalados com esse tipo de candidato, que já entra na política achando que o eleitor é trouxa. É absolutamente normal quem almeja cargo eletivo realizar ações visando o VOTO DO ELEITOR. Agora, o que não é normal é dizer que fez isso ou fará aquilo porque se preocupa com a população. Mais uma vez: dá licença!

Dizer que fez determinada coisa na condição de pré-candidata à Câmara não compromete em nada o valor de suas ações, muito pelo contrário, o importante é que fez. Agora, se o sujeito será reconhecido ou não (com o voto) pela comunidade onde vive ou ajudou são outros quinhentos.  Quem escolhe o caminho da demagogia e tenta esconder algo que está mais do que visível aos olhos do eleitorado é muito burro – a tendência é ficar chupando todos os dedos, das mãos e dos pés, caso a barriga permita (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). Me poupe!

Bem meus amoooores, por hoje é só. Que esta semana seja mais uma de vitórias e alegrias em nossas vidas, pois o NOSSO SENHOR JESUS CRISTO continua ao nosso lado, nos guiando e protegendo. Muitos beijos e abraços. Au revoir!

Comentar