Condenação de Bonavita no TCE: os jornais Correio Popular e TodoDia também são mentirosos, levianos e desrespeitosos com...

Da Redação
21/06/2013 02:46:00
Condenação de Bonavita no TCE: os jornais Correio Popular e TodoDia também são mentirosos, levianos e desrespeitosos com os seus respectivos públicos?

Bom diaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa meus amores!!! Na manhã de quarta-feira (19), o Correio Paulinense Online noticiou com exclusividade e em primeiríssima mão a publicação no Diário Oficial do Estado da sentença do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE), que reprovou as contas do ex-vereador Bonavita (PTB) na presidência da Câmara Municipal de Paulínia em 2007. Ontem, dia 20, o assunto virou manchete dos jornais Correio Popular, de Campinas, e TodoDia, de Americana.  

No mesmo dia em que o “furo” do CP Online foi publicado, o ex-vereador Bonavita comentou o assunto em sua página no Facebook. Entre outras coisas, Bona disse que as “notícias nos meios de comunicação (leia-se Correio Paulinense Online) eram mentirosas, tendenciosas e levianas, além disso, sem qualquer tipo de respeito e responsabilidade com seus leitores”. 

O ex-vereador também tranquilizou seus seguidores dizendo queestou tomando as devidas providências no órgão competente e que a decisão do Tribunal de Contas (TCE) ainda cabe recurso”. 

Vamos aos pontos. A decisão do TCE enquadra Bonavita na Lei da Ficha Limpa? Sim, por tratar-se de uma sentença de colegiado. A decisão do TCE torna Bonavita inelegível? Sim, até 2021.  A decisão do TCE complica a posse de Moura Junior e Bonavita? Sim. Em tese, como dito na matéria exclusiva, a condenação de Bonavita pelo TCE pode derrubar a chapa da Sorria Paulínia. 

Na ocasião (julho do ano passado) da impugnação da chapa Moura pai/Bonavita, a Justiça Eleitoral manteve o ex-vereador elegível porque o recurso no TCE, contra a rejeição das contas dele como presidente da Câmara, em 2007, ainda não havia sido julgado.  

O recurso foi julgado no último dia 05 e a sentença publicada no Diário Oficial do Estado terça-feira agora (18). Então, a pergunta que não quer calar: onde o Correio Paulinense mentiu, foi leviano ou desrespeitou os seus leitores?  Onde?

Como disse acima, um dia após o nosso “furo”, os jornais Correio Popular e o TodoDia deram a mesma noticia e levantaram as mesmas possibilidades.  Será que eles também mentiram, foram levianos ou desrespeitosos com os seus leitores? 

Principal assessora de Bonavita, Claudinha Souza, que também é advogada, perguntou se alguém sabia o significado de Acórdão. Acho que ela não leu o nosso “furo” na íntegra, pois explicamos que Acórdão trata-se de uma decisão tomada por um colegiado (conjunto de juízes). 

Pensem comigo. Por que atacar um veículo de comunicação da city por ter dado com exclusividade uma NOTÍCIA  VERDADEIRA? Notícia esta repetida por grandes jornais da região, um dia depois do Correio Paulinense Online. Pra que esconder de seu grupo a realidade dos fatos, dizendo que está tudo bem e que logo tomará posse? Não consigo entender. 

Em minuto algum AFIRMAMOS “Game Over” para Bonavita. Ele esperava um julgamento, que aconteceu dia 05, foi publicado dia 18, e a publicação implica sim na posse dele e de Moura Junior.  É assim que as coisas funcionam. Então, sinto muito, mas não posso deixar de perguntar: quem mentiu ou desrespeitou alguém nesta história? 

Mas a alta temperatura política da city anda mesmo deixando muita gente com os nervos à flor da pele. Na sessão da Câmara, terça-feira (18), o vereador Zé Coco (PTB), sucessor de Bonavita na Câmara, estranhou-se com Sandro Caprino (PRB), seu colega de oposição. "O mandato é seu e o senhor faz dele o que quiser”, disparou Zé Coco contra Caprino, durante a votação da doação de terreno para uma empresa do município. 

Zé votou contra e Caprino se absteve de votar. Para descontrair o ambiente, na hora de votar em vez de teclar NÃO,  como já havia antecipado,  o petebista votou SIM. A plateia gargalhou.  A experiência de Marquinho Fiorella (PP), presidente da Casa, corrigiu o equívoco.  

Um passarinho me contou que os vereadores "mouristas" estão irritados com a possibilidade da sentença do TSE, que, no último dia 23, validou a candidatura de Moura Junior, só ser publicada após o recesso do Judiciário, em agosto.  Se for isso mesmo é compreensível. 

Deve ter sido isso mesmo, pois até Simone Moura, que estava na plateia terça-feira, descontrolou-se e provocou o vereador Fabio Valadão (PTB).  A ex-vereadora afirmou aos gritos que Valadão dorme tranquilo, enquanto a cidade enfrenta problemas. Com muita classe e inteligência, o petebista questionou se Simone Moura dormia com a consciência tranquila pelo trabalho que fez como Vereadora, Presidente da Casa e Vice-Prefeita. Simone escafedeu-se da sessão, depois disso. Podia ter ido embora pra casa sem essa.

Encorajado pelas manifestações nacionais, o vereador Sandro Caprino (PRB) usou a Tribuna da Câmara para protestar contra o fato de Moura Junior ainda não ter assumido o cargo, mesmo depois da candidatura aprovada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), dia 23 passado, e Pavan Junior ter sido cassado, no último dia 11. Muita calma nessa hora!  

Primeiro, o Acórdão (decisão de um colegiado, neh Claudinha?) do TSE precisa ser publicado. Segundo, o vereador e “antigo dono” da SC Alimentos, fornecedora das cestas básicas de Sumaré, sabe muito bem que decisões judiciais são perfeitamente recorríveis.  

Em seu discurso, Caprino disse que Paulínia está sem prefeito, desde o dia 11. MENTIRA, pois o prefeito de Paulínia chama-se José Pavan Junior, que vai comandar o sorteio das 593 casas populares do Residencial Vida Nova, na próxima terça-feira, dia 25. Isso significa que mesmo com a chave dos cofres municipal sendo disputada minuto a minuto a city tem comando sim. 

Bem, como comando os meus dedinhos, vou ficando por aqui, pois estou exausto. Um fim de semana abençoado e protegido por NOSSO SENHOR JESUS CRISTO para todos nós. Muitos beijos, abraços e até segunda-feira, com mais bafos e babados. Au revoiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiir!

Comentar