APÓS 11 ANOS, PSDB VOLTA A TER BANCADA NA CÂMARA: Valadão e Edilsinho são os novos tucanos; COMIDA DA CÂMARA SUBIU...

Da Redação
28/09/2015 13:33:00
APÓS 11 ANOS, PSDB VOLTA A TER BANCADA NA CÂMARA: Valadão e Edilsinho são os novos tucanos; COMIDA DA CÂMARA SUBIU QUASE R$ 140 MIL ESTE ANO, mas a reclamação é geral!

[imagem] Boaaaaaa taaaaaaaaaaarde meus amoooooooores! E o “assovio” do vento, mais uma vez, assustou a city na madrugada de hoje. Misericórdia! Graaaaaaaaças a Deus que, aqui, os estragos causados pelas tempestades ficam apenas no campo material – casas destelhadas, árvores caídas e por aí vai. Ainda bem! Mas antes de tudo, o eclipse da superlua encheu nossos olhos. Maravilhosooooo. Dizem que o fenômeno só se repetirá em 2032. A natureza é deslumbrante. Vamos aos bafos e babados do dia!


Pela terceira vez, desde que assumiu em fevereiro deste ano, o espirituoso Pavan (PSB) visitou o Hospital Municipal, dessa vez para ver como andam as obras de ampliação do local. Acompanhado de assessores e vereadores, o prefeito da city circulou pelo canteiro, conversou com operários e responsáveis pela construção.  O HMP  passou um bom tempo no topo das reclamações da população, mas, agora deu uma boa melhorada. Uma fonte do primeiro escalão me disse que o espirituoso não abre mão das visitas, para garantir que o atendimento à população continue melhorando.

Falando em visita, quinta-feira (24) o ministro Aldo Rebelo (PC do B) esteve em vários cidades da região, tratando sobre projetos relacionados ao desenvolvimento na área de ciência e tecnologia. O queridíssimo Jorge Israel Almeida da Silva, mais conhecido como Jorge Tuta, ex-secretário de Meio Ambiente e Presidente do PV (Partido Verde) Municipal, foi um dos cicerones de Rebelo. Alagoanos de nascença e amigos, ministro e ex-secretário passaram pelo gabinete do prefeito de Nova Odessa, Benjamim Bill (PSDB), depois almoçaram com o deputado estadual Chico Sardelli, em Americana, onde estiveram também com o prefeito Omar Najar (PMDB). 

E o PSDB Municipal volta a ter bancada na Câmara da City, após onze anos. Os vereadores Fábio Valadão e Edilsinho Rodrigues saíram do PROS e PPS, respectivamente, e são os mais novos filiados de peso do partido, presidido por André “Espinha” Zanovelo. Os últimos representantes tucanos no Legislativo foram Odair Bordignon, Mauro Vítor e Sonia Prado de Oliveira, na legislatura 2001/2004.  

Embora tenha sido oficializada somente sexta passada (25), principalmente a ida de Valadão, líder do governo pavanista, vinha sendo anunciada nesta coluna há várias semanas. E, segundo Espinha, o ninho tucano na Câmara deve receber mais um vereador - se isso acontecer o partido ocupará, mais uma vez, três cadeiras legislativas. Além dos vereadores, os secretários Marcelo Mello (Obras) e Salvador Montoro (Esportes) também migraram para o PSDB.

A ida de vereadores e secretários pavanistas para o PSDB consolida, AINDA MAIS, a permanência do partido na base política do espirituoso. Aliás, o deputado estadual Cauê Macris, líder do governo Alckmin na ALSP (Assembleia Legislativa de São Paulo), que participou das filiações de Valadão, Edilsinho, Salvador e Marcelo, ratificou o apoio tucano ao governo Pavan (PSB), que tem como vice a tucana Vanda Camargo. 

Assim, o PSDB Municipal demonstra está fechadíssimo com a reeleição do espirituoso ou que apoiará o (a) candidato (a) que o prefeito indicar em 2016, caso ele fique fora da disputa. Falando neste assunto, gravem bem isso: um passarinho muito bem informado me adiantou que Pavan será candidato, sim. 

E agora, José? A situação de Dixon Carvalho, no PSDB, ficou ainda mais delicada e incerta. Com o apoio de alguns membros da atual Executiva Municipal e do poderoso Carlos Sampaio, deputado federal, o ex-petista filiou-se ao partido em abril deste ano, com o objetivo de ser o candidato tucano à Prefeitura de Paulínia City, nas próximas eleições.  Com a dobradinha PSDB/PSB mais firme do que nunca, talvez, Dixon tenha que mudar mesmo de partido ou pode encarar a parada, correndo o risco de ficar fora da disputa. Será que ele vai arriscar?

O contrato de alimentação da Câmara aumentou quase R$ 140 mil este ano, mas, segundo vários servidores da Casa, a qualidade dos cardápios caiu muuuuuito. Todo mundo reclamando. Segundo uma fonte, numa das reuniões quinzenais com os chefes de gabinete o diretor David Rodrigues sugeriu que eles montassem um cardápio para ser apresentado à empresa que fornece a comida. Todo mundo ficou indignado. Oxi! Também não é pra menos, pois isso é tarefa de NUTRICIONISTA e não de chefe de gabinete. A Casa (leia-se o povo) está pagando caro e seus dirigentes têm obrigação de exigir alimentação de qualidade – ou não? Me poupe. Tem neguinho que parece “fumar orégano”, só pooooooode!?!?!

Uma semana abençoada para todos nós. QUE O NOSSO BONDOSO E FIEL DEUS CONTINUE NOS ABENÇOANDO E PROTEGENDO. Beijoooooooooooos e abraaaaaaaaaaaaaços!!! Au revoir! 

Foto: Divulgação/PMP

Comentar