"Agiu em estrito cumprimento do dever e em legítima defesa", diz delegado sobre o PM que matou a tiros suspeito de assalto

Da Redação
14/09/2015 19:53:00
"Agiu em estrito cumprimento do dever e em legítima defesa", diz delegado sobre o PM que matou a tiros suspeito de assalto

[imagem] Um segundo homem também foi ferido, mesmo assim conseguiu fugir

No início da tarde desta segunda-feira (14), um homem foi morto e outro saiu ferido, durante um tiroteio na movimentada Avenida José Paulino, principal da cidade. De acordo com o delegado Marco Evangelista, titular da Polícia Civil de Paulínia, um policial militar, à paisana pelo local, presenciou um dos suspeitos assaltando um homem que havia acabado de sair do banco e tentou impedir que ele fugisse, levando o dinheiro da vítima. Armado, o bandido atirou contra o PM e acabou morrendo no local. “”Agiu em estrito cumprimento do dever legal e em legitima defesa”, disse o delegado, sobre o PM.


O outro suspeito, que mesmo ferido conseguiu fugir, estava em uma moto, com placas de Embu das Artes, dando cobertura ao comparsa morto. Por enquanto, a polícia só identificou o suspeito que entrou em óbito, mas como a ocorrência ainda está sendo registrada o delegado prometeu divulgar o nome dele nas próximas horas. Ainda não se sabe também se a dupla tinha passagem pela polícia. O corpo do suposto assaltante já foi retirado da calçada pela perícia e o trânsito normalizado.

Foto: Reprodução/Internet

Comentar