PRESTÍGIO VENCIDO NÃO OPERA MILAGRES; Voltou de Brasília, enxugando a testa com a lista do secretariado; FALSIFICARAM ASSINATURA...

Da Redação
31/08/2015 14:47:00
PRESTÍGIO VENCIDO NÃO OPERA MILAGRES; Voltou de Brasília, enxugando a testa com a lista do secretariado; FALSIFICARAM ASSINATURA DE FILIADA?; Quem tem coragem de pedir votos, com certas figuras a tiracolo?

[imagem] Boaaaaaaaa taaaaaaaaaaaaarde, meus amoooooooores! A decisão unânime do TSE, reconfirmando que Pavan (PSB), Vanda (PSDB), Djalma Moda, diretor de O Cromo, Tiguila Paes (PRTB), ex-diretor do Correio Paulinense, e eu não cometemos crime eleitoral (uso indevido de meios de comunicação social) nas eleições de 2012 (leia), calou os que torciam e armavam pela continuidade da instabilidade política da city, que tantos danos causou à população. Fracassou o plano: “meu filho e eu não ficamos, mas Pavan também não fica”, como se a decisão fosse dele e não da Justiça Eleitoral. Brochou quem achava que pularia da cadeira da Presidência da Câmara para a de Prefeito, num estalar de dedos. Silenciou o “colegiado de juízes virtuais” e suas sentenças bizarras. E, por fim, provou que PRESTÍGIO SEM RAZÃO não opera milagres – não operou na FRAUDE, não operaria nos Agravos. 


Os agravantes e autores da ação fracassada saíram desmoralizados, pois não se defende quem cometeu crimes, acusando quem não cometeu. Esse tipo de revanchismo, além de sórdido, é fadado ao fracasso. Agora, é juntar os cacos, repensar a conduta e, sobretudo, rever as companhias. Durante o processo, conversei com o então presidente do PTC, o queridíssimo Carlos Amorim, por quem tenho muito respeito, e ele me disse que apenas assinou a Procuração para Arthur Freire, advogado da Coligação “Sorria Paulínia”, dar seguimento aos procedimentos jurídicos. Pois é, várias vezes alertei aqui, que “assinar o que esse povo manda”,  em qualquer esfera, é só “probrema” – e põe “probreeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeema”  (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas).

A derrubada dos agravos mouristas também derrubou muuuuuuitos do muro. Dependendo do tamanho do caboclo no cenário, no mínimo, o tombo machucou a batata da perna (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). Mário Lacerda, Arthur Freire, Edgar Silva, Tony Lopes, Helinho do Carmo e Mauro Rodrigues, deixaram o PMDB e pegaram o PRP (Partido Republicano Progressista), que estava com o ex-secretário de Finanças, Marcelo Barraca.  Eita peste! Tomaram a igreja de Barraca e, agora, o partido (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas) – sobrou apenas os processos da época do cargo entre eles, o do suposto desvio de mais de R$ 12 milhões vinculados à saúde, educação, etc... Barraca, Moura Junior, Ermelinda Vieira e Sandro Caprino (PRB) continuam enrolados nesse processo. 

Lacerda não concordou com a pré-indicação de Ivonete Pietrobom para candidata a Prefeita pelo PMDB, segundo ele, porque a ex-primeira-dama foi escolhida pelo diretório e não pelo líder do partido, o ex-prefeito Edson Moura, ex-marido da pré-indicada. Misericórdia! Que bafo! Lacerda levantou aí um babado familiar muito delicado, que se for pra frente, vai dar o que falar. Mas, será que foi somente isso mesmo? Sei não, hein!?!?! 

Para mim, o que, hoje, se apresenta como demonstração de suposta lealdade ao líder falido (politicamente falando), em um futuro bem próximo, será a justificativa perfeita para, no mínimo, uma bela pulada de galho (leia-se outro grupo, outro candidato), pois Lacerda saaaaaaaaaaaaaabe que, se depender do apoio de Moura pai, ele não chega nem na esquina da Prefeitura, quanto mais na cadeira-mor do Paço Municipal.

Andam dizendo por aí que Lacerda estaria conversando com o pré-candidato Tuta Bosco (PPS), mas o próprio Tuta me garantiu que isso é mentira. E qual candidato chegaria pedindo voto com certas figuras a tiracolo? Só se tivesse bebido água de pitoca (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas).

No WhatsApp do PDT Municipal, o babado é fortíssimo. Quando acreditava que emplacaria no PMDB, Lacerda levou mouristas de outros partidos, entre eles do PDT, para o PMDB.  Agora, que Ivonete Pietrobom pintou no pedaço, Lacerda quer levar todo mundo para o PRP. Alguns já foram, e outros podem ter ido sem nem saber, pois, segundo informações, as fichas de filiações no PMDB teriam sumido. Segundo “print screen” que me chegou, teriam tentando falsificar a assinatura de uma pedetista para filiá-la ao PMDB e, agora, a moça teme que façam o mesmo para o PRP. “Não sei se ele (o rapaz que teria assinado por ela) conseguiu, vou procurar saber”, disse ela no grupo. Se for verdade, grave hein?

O julgamento de quinta-feira (27) confirmou cada um em seus devidos lugares e mostrou que articulações baratas e traiçoeiras não prosperam, ainda mais quando feitas por oportunistas amadores e incompetentes. Quem foi tentar a sorte em Brasília, um dia antes da decisão unânime do TSE, fez o caminho de volta, enxugando a testa com a lista dos secretários que pretendia nomear (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). Oxi! O cabra foi eleito vereador e quer virar prefeito da noite pro dia – assim é bom. Só um tonto ganancioso pensa e age assim. Dá licença!

Agora, cada um que faça a sua parte e espere o julgamento popular nas urnas de 2016. O prefeito José Pavan Junior (PSB) tem tudo para incrementar ainda mais o governo que a população vem, claramente, aprovando. A instabilidade política é coisa do passado e todos já estão devidamente convencidos do principal: MUDANÇA NA PREFEITURA, SOMENTE DIA 7 DE OUTUBRO DO ANO QUE VEM – e até láááááááá, muitos bafos e babaaaaaaaaaaaaaaaados (adooooooro). 

Amaaaaaaados e amaaaaaaaaaaaadas, licença para ir encher meu bucho, pois o bichinho só não está roncando mais do que o de quem foi vereador para Brasília, certo que voltaria prefeito (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). Fiquem com NOSSO SENHOR JESUS CRISTO. Muitos beijos e abraços. Au revoir! 


Comentar