Presidente do PV e ex-Meio Ambiente rompe aliança política com os Moura, segundo ele, por conta de “meia dúzia de...

Da Redação
01/08/2015 13:49:00
Presidente do PV e ex-Meio Ambiente rompe aliança política com os Moura, segundo ele, por conta de “meia dúzia de vagabundos”

[imagem] Jorge Israel também afirmou que o PV deve lançar candidato à Prefeitura 2016

Na tarde de ontem (31), Jorge Israel Almeida da Silva, mais conhecido como Jorge Tuta, usou a sua página na rede social Facebook para anunciar o seu rompimento político com o grupo dos ex-prefeitos Edson Moura e Edson Moura Junior, ambos do PMDB. “To fora do projeto por conta de meia dúzia de vagabundos que invés de agregar desagregam”, afirmou ele.


O Presidente do PV (Partido Verde) Municipal e ex-secretário do Meio Ambiente, no governo do prefeito cassado Moura Junior (PMDB), afirmou que divergências com alguns mouristas motivaram a saída dele do grupo, mas sem ressentimentos ou brigas com os dois ex-prefeitos de Paulínia. Entretanto, Jorge Tuta deixou bem claro que não quer mais fazer parte de nenhuma administração mourista. 

De acordo com Jorge Tuta, antes de romper em rede social, ele comunicou sua decisão aos Moura (pai e filho) e fez questão de demonstrar gratidão pela oportunidade de comandar o Meio Ambiente de Paulínia. “Deixo aqui o meu muito obrigado para o meu amigo Edson moura e ao Junior Moura e não poderia deixar de agradecer também a esse homem de bem, Francisco Almeida Bonavita Barros, pela confiança do cargo...e GRATIDÃO não se compra, vem de berço”, escreveu.

Jorge Tuta afirmou que três ex-secretários municipais, amigos dele, estão respondendo processos por culpa de um quarto integrante do ex-governo municipal. “Tenho uma amiga e dois amigos, todos ex-secretários respondendo processos, por culpa de uma das pessoas da meia dúzia, da qual me referi acima, que dava pareceres contrários aos seus pares - ou seja, o inimigo estava sentadinho do nosso ladinho... é o famoso FOGO AMIGO”, revelou. 

Geralmente, quem emite pareceres sobre atos de secretários é o titular da pasta dos Negócios Jurídicos, que no governo mourista foi ocupada pelo advogado Arthur Augusto Campos Freire.

Prefeitura 2016

Como Presidente do PV de Paulínia, Jorge Tuta encerrou o desabafo anunciando que o partido deverá lançar candidatura própria à Prefeitura de Paulínia. “A nossa posição política para 2016 já está 90% decidida, que teremos candidatura própria para Prefeito. O humilde nome (do provável candidato do PV) todos saberão em breve”, anunciou ele.

Repercussão

Várias pessoas, a maioria mourista, têm declarado apoio ao desabafo político do ex-secretário de Meio Ambiente, no Facebook. Pelos comentários postados, até agora, é unânime a insatisfação com a “meia dúzia” que, segundo Jorge Israel, motivou a saída dele do grupo.  

“Parabéns Jorge Tuta Joyce Almeida pela sua conduta, sei bem o que vc disse, tb sou muito grata pela oportunidade que me foi confiada pelo Edson Moura pai, mais só consegui fazer algo pelo povo nos 5 últimos meses onde fui trabalhar na saúde com a Carol Guerra, pois dentro da minha secretaria a Educação, passei os piores meses da minha vida profissional e quem esteve lá sabe o q eu estou falando, né Aristéia Evaldo (ex-diretora do PAS, no ex-governo Moura Junior)? Fui excluída pelo próprio grupo, grupo esse que a maioria trabalhou em benefício próprio”. Queila Silva.

“Concordo em gênero , número e grau Jorge Tuta , como você mesmo disse algumas coisas vem de berço , caráter , certos valores , honestidade... coisas que muitas pessoas não têm , parabéns por ter esses princípios e continue sendo sempre assim , que Deus continue abençoando você e sua família grandemente!”. Giovanni Moura

“Parabéns Jorge Tuta Joyce Almeida, falou td, sem mais o que falar, é por isso que te admiro demais meu amigo, é disso que a gente precisa, TAMU JUNTU, acho que economizou nessas meia dúzia kkkkk, não vou nem falar por aqui pq VC já sabe de td o que penso e que te falo, vou saindo aqui pq senão já viu neh”. Renan Amaury 

Foto: Reprodução/Facebook

Comentar