Solidariedade transformada em mais de 7 mil peças de roupas, distribuídas entre 600 famílias carentes de Paulínia; Lucila...

Da Redação
27/07/2015 19:43:00
Solidariedade transformada em mais de 7 mil peças de roupas, distribuídas entre 600 famílias carentes de Paulínia; Lucila Pavan comemora mais um sucesso da Campanha do Agasalho

[imagem] De acordo com a assessoria de imprensa municipal, em pouco mais de 40 dias, o Fundo Social de Solidariedade de Paulínia, presidido pela primeira-dama Lucila Alves Rodrigues Pavan, já distribuiu cerca de 7 mil peças de roupas, arrecadadas durante a Campanha do Agasalho deste ano. Até agora, mais de 600 famílias carentes do município foram beneficiadas. 


“A solidariedade das pessoas é gratificante para o nosso trabalho. Cada vez mais, a cada ano, as pessoas nos ajudam com uma ação nobre. Quero agradecer a todos que direta e indiretamente colaboram com os nossos eventos. O meu muito obrigado”, disse Lucila. Comerciantes, empresas, escolas municipais, estaduais e particulares, supermercados, funcionários públicos e a população em geral, mais uma vez, deram um show de solidariedade.

Os donativos são distribuídos entre as famílias atendidas nos Centros de Referência em Assistência Social (Cras), Centros de Referência Especializada em Assistência Social (Creas), Bolsa Família do Governo Federal e Programa de Ação Social (PAS) do Município.

Solidariedade o ano inteiro

A equipe do Supermercado Pague Menos – Unidade Paulínia, recebeu quarta-feira, dia 22, a presidente do Fundo Social de Solidariedade de Paulínia, Lucila Rodrigues Alves Pavan, que agradeceu pessoalmente, a empresa, por ser o maior ponto comercial de arrecadação de roupas, durante a Campanha do Agasalho 2015. Foram mais de 5.300 peças de roupas femininas, masculinas e infantis.

A gerente administrativa do Supermercado Pague Menos, Valéria Cristina Mota Borges e a presidente do Fundo Social acertaram que o supermercado terá um posto permanente de arrecadação. Além de agasalhos, roupas de frio, peças mais leves do vestuário, cobertores e edredons, a campanha também recebe doação de sapatos, que estejam em bom estado.

Para Lucila Pavan, a cada ano, a confiança dos paulinenses no Fundo Social de Solidariedade na receptividade da Campanha do Agasalho é significativa. “Sabemos da gentileza da população de nossa cidade e conseguiremos atender as famílias carentes de Paulínia. Temos destinação certa para todos esses materiais arrecadados”, enfatiza a presidente. 

Arrecadações
Os interessados em colaborar, ainda podem fazer suas doações em locais identificados pelas caixas onde os agasalhos devem ser depositados.

Podem ser doados sapatos, cobertores, lençóis, toalhas de banho, agasalhos e roupas em geral novas ou em bom estado de conservação que serão encaminhadas a pessoas em situação de risco, independente da idade.

Os interessados podem entregar pessoalmente de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, no prédio do antigo Caco (Centro de Ação Comunitária), à Rua Maria das Dores Leal de Queiroz, nº 831, Jardim Vista Alegre. Informações pelo telefone (19) 3874-2411.

Fotos: PMP/Divulgação

Comentar