Depois do “Pazetti” e “Vida Nova”, Setransp começa sinalização viária nas escolas municipais,...

Da Redação
16/06/2015 20:52:00
Depois do “Pazetti” e “Vida Nova”, Setransp começa sinalização viária nas escolas municipais, estaduais e particulares

[imagem] A Secretaria de Transportes (Setransp) de Paulínia iniciou ontem (15), o trabalho de sinalização viária, vertical e horizontal, repintura e implantação de placas limitadores de velocidade, nas escolas municipais, estaduais e particulares do município.

 
Entre os serviços executados estão a sinalização das faixas de pedestres, a demarcação de vagas para estacionamento de vans escolares e de preferenciais para idosos e pessoas com deficiência.

Na quinta-feira, dia 11, o mesmo trabalho foi iniciado nos bairros Residencial Pazetti e Vida Nova, localizados na região do João Aranha. De acordo com a assessoria de imprensa da administração municipal, todas as ruas dos dois bairros estão recebendo tachas e tachões, placas de regulamentação e advertência, como “Pare”, “Sentido Único”, “Proibido Estacionar”, “Redução de Velocidade”, entre outros, além da sinalização horizontal (feita no asfalto), com pintura de “Pare”, “Lombada”, “Devagar Escola”, “Ponto de Ônibus”.
 
A implantação da sinalização viária terá continuidade nas próximas semanas, em outros locais da cidade. Além dos motoristas, os pedestres também serão beneficiados, já que novas faixas de pedestres serão pintadas. Ainda segundo a assessoria, o projeto de sinalização dos dois bairros estava aprovado desde março de 2013, porém, não foi executado pela administração passada.
 
O secretário de Transportes, José Valentim Krepski, o Kote, informou que “a retomada do serviço faz parte da reorganização da Secretaria de Transportes, além de facilitar e dar mais segurança ao deslocamento de veículos dentro do município e principalmente nos bairros”. "Vale lembrar também que é importante que a população ajude a Prefeitura a cuidar das placas da cidade. O vandalismo causa um grande transtorno para todos”, enfatizou Kote.

Foto: Divulgação/PMP

Comentar