Palestra promovida pela Seddema marcou a Semana do Meio Ambiente, em Paulínia, e atraiu interessados na preservação do...

Da Redação
06/06/2015 15:31:00
Palestra promovida pela Seddema marcou a Semana do Meio Ambiente, em Paulínia, e atraiu interessados na preservação do ecossistema

[imagem] O secretário municipal de Defesa e Desenvolvimento do Meio Ambiente (Seddema), Zaqueu Pereira de Souza, recebeu na tarde de quarta-feira (3) o superintendente do Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Campinas - RMC, Valdemir Aparecido Ravagnani, que palestrou sobre Plano Nacional, Estaduais e Municipais de Resíduos Sólidos, coleta seletiva, logística reversa, inclusão social, Ecopontos, entre outros assuntos. O evento, na Sala de Imprensa da Prefeitura de Paulínia, marcou a Semana do Meio Ambiente na cidade. 


Ravagnani lembrou que, pela Lei da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), de 2010, o país teve até 2 de agosto do ano passado para implantar uma destinação final de resíduos e rejeitos, ambientalmente adequada. “Apesar das disposições da Lei, a gestão de resíduos sólidos no Brasil ainda se mostra deficitária e carece de adequação”, disse. 

De acordo com ele, em 2013, pouco mais de 62% dos municípios registraram alguma iniciativa nessa área, contra 60,2% em 2012. O estudo da ABRELPE - Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais - mostra que, embora seja expressiva a quantidade de municípios com iniciativas de coleta seletiva, muitas atividades são restritas à disponibilização de pontos de entrega voluntária ou convênios com cooperativas de catadores.

No contexto atual, prefeitos e equipe técnica dos municípios vêm discutindo cenários e conhecendo novas tecnologias para Pré-Tratamento e Tratamento dos Resíduos Sólidos gerados pelas cidades, bem como a destinação ambientalmente adequada dos rejeitos. “O poder público tem que pensar e investir na coleta seletiva”, opinou o palestrante.

O evento contou com as presenças de membros da Seddema, integrantes da Câmara Municipal, estudantes e outros interessados pelo tema Meio Ambiente.

Foto: Divulgação/PMP

Comentar