O anúncio foi feito pelo prefeito Pavan (PSB), durante inauguração da creche “Jandyra Oraggio Salvador”,...

Da Redação
15/05/2015 11:53:00
O anúncio foi feito pelo prefeito Pavan (PSB), durante inauguração da creche “Jandyra Oraggio Salvador”, quarta-feira, no “Vida Nova”

[imagem] Entre dezembro deste ano e janeiro de 2016 deverá ser iniciada a construção de um novo conjunto habitacional popular em Paulínia, na área do antigo “Acampamento Menezes”, demolido em novembro do ano passado. Serão 1.460 casas, construídas em parceria com a Caixa Econômica Federal. Já o início das obras de duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), nas regiões do João Aranha e Cooperlotes, em parceria com o Governo Federal, está previsto para o segundo semestre deste ano.

O anúncio foi feito no final da tarde de quarta-feira, 13, pelo prefeito José Pavan Junior (PSB), durante a inauguração da creche “Jandyra Oraggio Salvador” do Residencial Vida Nova, construído na penúltima gestão pavanista, em parceria com o Governo Federal. 


De acordo com a Assessoria de Imprensa da Prefeitura, o prefeito já se reuniu com a superintendência da Caixa Econômica Federal de Campinas e com representantes do Ministério das Cidades do Governo Federal, para a execução do conjunto habitacional, e um novo encontro entre as partes já foi agendado para a próxima semana. O projeto das casas envolverá quatro Secretarias Municipais: Habitação, Planejamento, Obras e Serviços e Meio Ambiente.
 
Creche

A creche inaugurada quarta-feira, 13, vai atender 224 crianças e foi construída em parceria com a empresa LSL Transportes, contemplada com uma área pública. Na ocasião, o prefeito José Pavan Junior (PSB) fez um balanço dos 100 dias de seu governo, que serão completados amanhã, 16.  “Pagamos todos os fornecedores da saúde que comprovaram prestação de serviço à administração e os remédios já começaram a chegar às farmácias da rede municipal de saúde. Estregamos cadeiras de roda e já estamos preparando a compra de novas unidades para sanar os pedidos abertos. Voltamos a realizar exames de ultrassom no próprio hospital. Quitamos R$ 60 milhões de R$ 173 milhões de dívida herdada da administração anterior”, afirmou Pavan (PSB).

De acordo com a prefeitura, o dinheiro do contribuinte paulinense está sendo investido nas áreas mais necessitadas: saúde, educação, promoção social e segurança. Sobre a suspensão da entrega das cestas de alimentos e variedades, decretada pela justiça local dia 30 de abril, Pavan (PSB) afirmou está trabalhando para restabelecer a distribuição dos alimentos para famílias carentes do município. A cesta foi suspensa por suspeitas de irregularidades na compra emergencial feita pela Prefeitura.

A cerimônia de inauguração foi acompanhada pela vice-prefeita Vanda Camargo (PSDB), a primeira-dama Lucila Pavan, os vereadores Tiguila Paes (PRTB), João Pinto Mota (PSDC), Fábio Valadão (PROS), Angela Duarte (PRTB), Du Cazellato (PP), Custódio Campos (PT), Marquinho da Bola (PSB), Edilsinho Rodrigues (PPS), Flávio Xavier (PSDC), entre outros, além de Secretários, Diretores Municipais e a população.

O diretor-executivo da LSL Transportes, Edson Takamune, representando o presidente e a diretoria da empresa, destacou a confiança e credibilidade que a cidade depositou na empresa para sua instalação no Município. “É com grande satisfação que fazemos a formalização da entrega da creche, cumprindo perante a sociedade e órgãos públicos com a realização da nossa contrapartida, deixando claro o nosso comprometimento com a sociedade de Paulínia e trabalhando de forma efetiva com o desenvolvimento do município”.

Para a secretária de Educação, Regina de Campos Marciano, o prefeito está realizando uma transformação social, e em seu governo prioriza o ser humano. “A escola é importante neste contexto em que estamos vivendo”.

“Em breve, a região do Cooperlotes também será beneficiada com uma nova unidade escolar, outra contrapartida da LSL Transportes”, finalizou Pavan.

Fotos: Assessoria de Imprensa e Arquivo/CP Imagem

Comentar