LIMINARES MOURISTAS PODEM SER JULGADAS A QUALQUER MOMENTO; Estão querendo “queimar o filme” de Caprino (PRB), porque "ele...

Da Redação
27/03/2015 16:47:00
LIMINARES MOURISTAS PODEM SER JULGADAS A QUALQUER MOMENTO; Estão querendo “queimar o filme” de Caprino (PRB), porque "ele aparece muito bem para Prefeito, em 2016" (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas)

[imagem] Boaaaaaaaaaaaaaaaaa taaaaaaaaaaaarde meus amores! A instabilidade política da city continua intensa e um novo protagonista acaba de inserir-se no cenário. Já o prefeito cassado, Moura Junior (PMDB), aguarda manifestação do TRE-SP sobre as duas liminares e um agravo regimental, para VOLTAR OU NÃO ao comando da Prefeitura Municipal. A torcida organizada do ex-prefeito gritou aos quatro ventos que ele seria reempossado ontem (26), por conta da liminar conquistada no TSE. Entretanto, como os advogados consultados pelo Correio Paulinense sempre afirmaram, uma eventual volta do “mourismo” não se confirmaria apenas com uma decisão monocrática “brasiliana”. A “capivara” é looooooooooonga!!! Vamos aguardar!


Já o suposto desvio dos recursos que deveriam ser gastos exclusivamente na saúde, educação, trânsito, bombeiros, entre outros,  trouxe o atual presidente da Câmara, Sandro Caprino (PRB) para o centro de mais um escândalo, envolvendo a malversação do dinheiro público da city. Denunciado em primeira mão pelo Correio Paulinense Online, segunda-feira (23), o suposto esquema virou alvo de duas ações (cível e penal) do Ministério Público (MP) contra Caprino (PRB), Moura Junior (PMDB), Marcelo Barraca e Ermelinda Vieira, ex-secretário e ex-diretora de finanças, respectivamente. 

A ação penal, para apurar os crimes de responsabilidade dos acusados, correrá em segredo de justiça. Já a cível, não. Nesta, o 2º Promotor de Justiça, Henrique Simon Vargas Proite, autor das ações, pediu o bloqueio dos bens de todos os envolvidos, para garantir o ressarcimento dos cofres públicos, e também o afastamento imediato do presidente da Câmara. Se acatadas pelo juiz Carlos Eduardo Mendes, as duas medidas devem perdurar até o término das apurações dos fatos. A qualquer momento, o pedido do promotor Proite pode ser aceito ou não pelo juiz Mendes. No início da manhã de hoje circularam rumores que Caprino (PRB) teria sido citado para deixar o cargo, o que acabou não se confirmando.

Segundo o promotor, o desvio de mais de R$ 17 milhões de “entidades e órgãos que prestam serviços essenciais à população” teria sido iniciado pelo prefeito cassado Moura Junior (PMDB), quando ele ainda era prefeito, e depois executado por seu sucessor interino, Sandro Caprino (PRB). Explicarei. Documento juntado na ação, mostra que as transferências do dinheiro dos fundos vinculados, para a conta da prefeitura, foram solicitadas no último dia 2 de fevereiro. Dois dias depois, a ex-ministra Luciana Lóssio (TSE) negou uma liminar a Moura Junior (PMDB), que teve de deixar o cargo. Aí, quando Caprino (PRB), aliado fiel de Moura Junior (PMDB), assumiu no dia seguinte (5) a Prefeitura, o dinheiro dos fundos já estava liberado na conta municipal e ele, então, segundo o promotor Proite, realizou os pagamentos milionários indevidos. Captaram? É, meu bem, os mouristas não brincam em serviço.

“Ora, no caso sub exame, é evidente os requeridos Edson Moura Junior e Sandro Cesar Caprino”, na condição de Chefes do Poder Executivo Municipal, devidamente assessorados pelos demais requeridos Marcelo Aparecido Barraca, Secretário Municipal de Finanças e Administração, e Maria Ermelinda Aparecida Viera, diretora Financeira, cometeram condutas desonestas e imorais, porquanto não só desviaram recursos públicos de entidades e órgão que prestam serviços essenciais à população em benefício de credores subjetivamente escolhidos, como também o fizeram em apenas dois dias, aproveitando-se ardilosamente da iminente saída do requerido Edson Moura Junior do comando do Poder Executivo Municipal”,  PALAVRAS DO SENHOR PROMOTOR, na ação impetrada na Justiça.

Antes de denunciar o esquema, segunda-feira (23), procurei Caprino (PRB), mas imagina se ele me daria trela. Não respondeu um vírgula sequer. Entretanto, pagou um “Informe Publicitário” no jornal do meu querido Alexandre Mane,  Agora Paulínia, edição de hoje (27), classificando como caluniosa a matéria e me chamando de insano. Eita peste! Tô doido, tô doido, tô doido, tô doido, tô doido, tô doido, tô doido... (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas).
 
Ao lado do “Informe” o “Agora” informa: “MP pede condenação de Moura Junior por uso irregular de verba” e acima da manchete “Envolvido – Presidente da Câmara também é acusado”, colocando “na chon” a “Nota Capriniana”  (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). Quem caluniou? Gastou e ainda tomou...(gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). 

Mais de 20 anos lidando com gente do tipo de Caprino (PRB), eu iria cometer uma insanidade dessas? É ruim hein! Não foi por falta de aviso. Várias vezes alertei esse povo que quem cai na rede mourista está lascado. Eles “mandam fazer” as “coisas”, sempre dizendo que “não dá nada”, aí os bestas acreditam, fazem e depois se estrepam. FOI, É E SEMPRE SERÁ ASSIM.  Tá na cara que eles mandaram Caprino (PRB) fazer os pagamentos milionários com dinheiro dos fundos e o então interino, que tinha a opção de não pagar e hoje não está sendo acusado de nada, acatou a ordem e desceu a caneta.  Paciência, agora é arcar com as consequências jurídicas cabíveis. 

Derrubados os argumentos de Caprino (PRB) contra a minha pessoa e matéria, restou um fato curioso, no “Informe” publicado no “Agora”, que não pode passar em branco. Para o vereador, a matéria buscou apenas “denegrir sua imagem e reputação ilibada visando antecipar o debate eleitoral de 2016, já que em sondagens feitas por grupos adversários, seu nome surge naturalmente com grande expectativa de um novo tempo para a cidade”. Ou seja, traduzindo para a minha linguagem, CAPRINO ACHA QUE QUERO “QUEIMAR” SEU “FILME”, SIMPLESMENTE, PORQUE ELE ESTARIA APARECENDO BEM PARA PREFEITO DA CITY, EM 2016”. Eita gota serena! Isso sim, é uma insanidade (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas), de todos os ângulos e pontos de vistas. Ah dá licença!

Primeiro, não sei de pesquisa nenhuma, muito menos apontando Caprino (PRB) favorito à corrida 2016; segundo, se existe mesmo algum levantamento neste sentido, parabéns ao presidente da Câmara e que ele saiba transformar dados em votos, nas urnas; terceiro, apenas noticio os fatos; quarto quem queima o filme do presidente é ele próprio, ao se juntar com mestres em falcatruas com o dinheiro público; quinto e último, Caprino (PRB) pode virar Presidente da República, quanto mais Prefeito de Paulínia, que eu nem fico bege (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). Ah, dá licença!

Por que todo político que deve alguma coisa tenta enganar a população, passando-se por vítima de perseguição política, hein? Esse truque é velho e baratíssimo. Domingo (22),  o quadro “Cadê o dinheiro que estava aqui”?, do Fantástico (Globo),  mostrou o prefeito de Itaberaba (BA) acusado de desviar R$ 1 milhão por mês dos cofres públicos. Ao repórter secreto do programa global, João Filho (PP) disse que  tudo não passa de política. “Tudo isso aí que está acontecendo na verdade é uma manobra política”, afirmou o acusado (veja o vídeo). Pois é, todos dizem a mesma coisa, seja aqui ou lá nos confins baiano. A sorte, hoje,  é que a população não cai mais neste velho e manjado “conto do vigário”.

Aiiiiii!!! Estou varado de fome, por isso vou ficando por aqui. Um fim de semana abençoado para todos nós e fiquem ligados no site, pois a qualquer momento posso voltar com novidades jurídicas-eleitorais. Que as BÊNÇÃOS E A SEGURANÇA DE DEUS CONTINUEM CONOSCO.  Beijos, abraços. Au revoir! 

Comentar