REGULAMENTO PROÍBE QUE BLOCOS APRESENTEM TEMAS POLÍTICOS OU SE MANIFESTEM POLITICAMENTE; E o cidadão que quiser se manifestar:...

Da Redação
26/01/2015 17:01:00
REGULAMENTO PROÍBE QUE BLOCOS APRESENTEM TEMAS POLÍTICOS OU SE MANIFESTEM POLITICAMENTE; E o cidadão que quiser se manifestar: será preso, expulso ou até espancado, como aconteceu em 2014?

[imagem] Boaaaaa taaaaaaarde meus amoooores! Parece que muitos cabos eleitorais de vereadores mouristas já estão preparando a documentação, para entrarem na Prefeitura. Lembram dos 63 novos cargos de comissão criados pelo Projeto de Lei 35/14 (desmembramento da Secretaria de Obras e Serviços Públicos), aprovado pela maioria da base mourista no final do ano passado? Pois é, como eu já havia adiantado, parece que parte desses CC’s deverá ser mesmo “dada”, de “presente”, pelo prefeito aos seus fiéis aliados. 


Então, pergunto: como alguém pode fiscalizar quem emprega “seu povo”? Impossível. Aquele que mover uma palha, neste sentido, perde os cargos; perdendo os cargos, vão-se os cabos eleitorais. E a próxima campanha, como fica? Funciona assim, faaaaaaaaaaaaz teeeeempo. Os únicos mouristas que votaram contra o PL foram Gustavo Yatecola (PT do B), segundo ele, porque Moura Junior (PMDB) não respondeu seus questionamentos sobre o projeto, e Danilo Barros (PCdoB), que não justificou o voto. Mas no final, todos acabam ganhando e fica “isso, por aquilo”.  

A “nova” Secretaria de Serviços Públicos (Seserp) foi sancionada pela Lei 3.409, de 30 de dezembro passado, e publicada no último Semanário de 2014 - ou seja, a pasta já está legalmente criada. Entretanto, quase um mês depois, Moura Junior (PMDB) ainda não escolheu o primeiro Secretário da pasta e 21º integrante do secretariado municipal. Sem titular, desde 18 de agosto do ano passado, a Saúde está sob o comando de dois assessores especiais politiqueiros e incompetentes, que estão infernizando as vidas de profissionais qualificados. Só lambança. Pelo visto, a Seserp seguirá o mesmo caminho. Sei não, mas acho que vão nomear um monte de CC’s, a folha municipal ficará ainda mais cara para o povo, obras e serviços públicos continuarão misturados e tudo certo. Duvidam?

Falando em nomeações, pelo menos duas já feitas pelo presidente da Câmara, Sandro Caprino (PRB), ainda não foram publicadas no Semanário Oficial. Mas, como o presidente anunciou que a sua gestão será marcada pela “TRANSPARÊNCIA” (ah thaaaaaa!!!), ele deve mandar publicar na próxima edição. Aliás, deixo uma dica ao Chefe do Legislativo: “Presidente, já que o Senhor promete ser a transparência em pessoa, acrescente nas portarias os gabinetes nos quais os nomeados vão trabalhar, tá?”. 

E sexta-feira (23), Caprino (PRB)) recebeu a visita ilustre do secretário Arthur Freire, que foi à Câmara levar o projeto das Premiações do Carnaval 2015 (em instantes, matéria sobre isso). Segundo a nova assessoria de imprensa da Casa, a relação Executivo/Legislativo tem sido intensificada, depois que Caprino (PRB) virou Presidente. Oxi! Eu diria que na gestão capriniana o Gabinete da Presidência da Câmara será uma extensão do Gabinete do Prefeito. Mas como é de fora, o colega Cristovan Grazina Dantas, assessor de imprensa, só vai conhecer “jogo e jogadores” com o passar do tempo.

Falando em carnaval, os blocos estão proibidos de apresentarem qualquer tema político ou se manifestarem politicamente na avenida, sob pena de desclassificação sumária. Está no parágrafo 1º do Artigo 8 do Regulamento do Desfile dos Blocos. Portanto, se algum “engraçadinho” está pretendendo desfilar empunhando, por exemplo, faixa ou cartaz do tipo  “MOURA JUNIOR É O PIOR PREFEITO DA HISTÓRIA DA CITY” pode se dar mal e ainda desclassificar o bloco.

Claro que a secretária Glaucieli Mortari não vai permitir qualquer tipo de crítica ao seu “chefinho”. Os blocos, que receberão dinheiro para desfilar no domingo (15), eles “podem até calar”, mas e se algum cidadão resolver protestar no Carnaval? Será expulso do sambódromo, preso, espancado? No ano passado, quem ousou ir à avenida criticar o governo atual teve celular “confiscado” e até tomou umas “pifas” de mouristas fanáticos. Pois é, este ano não será diferente, por isso, todo cuidado com a tirania é pouco. 

Até sexta-feira (30) sai a pauta da primeira sessão ordinária do ano, que acontece na terça-feira, dia 3 de fevereiro. Como Moura Junior (PMDB) determinou URGÊNCIA na votação da Premiação do Carnaval, o presidente Caprino (PRB) deve chamar também a primeira extraordinária de 2015, provavelmente, para quarta-feira 5, pela manhã. As últimas votações das quatro novas secretarias que Moura Junior (PMDB) “quer por que quer” aprovar logo, também devem ser pautadas pelo Presidente. Esperamos que ele paute também as Subvenções Sociais, isso se “seu chefe” protocolar o PL até lá, é claro. 

Uma gaivota mourista me contou que Moura Junior (PMDB) estaria esperando o pai voltar dos Estados Unidos, para determinar quem fica e quem sai do governo. Segundo a minha “linda”, fala-se nos corredores do gabinete que Arthur Freire será substituído pelo colega Jairo Azevedo. Será? Só acredito vendo, com todo respeito à minha fonte. Caso isso aconteça mesmo e se a exoneração for litigiosa, sei não se Arthurzinho não seria capaz de incorporar “Paulo do Trem” (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas). Misericórdia! Os Moura estariam lascados (gargalhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadas).

Semana passada falei com o secretário de Governo, Ademir Pereira, e ele me garantiu que o Semanário está sendo entregue normalmente. Pois é, cadê a edição do dia 21? Aqui em casa, não chegou, até agora. Chegou em vossas residências, meus amores? A versão online só foi publicada hoje, dia 26, mas a de papel, nada.  Pela mãe do guarda, hein!

Uma semana abençoada para todos nós, com muita luz e proteção do NOSSO SENHOR JESUS CRISTO. Muitos beijos e abraços. Au revoir!


Comentar